A interlocução entre poder público e cidadãos na proposta de gestão compartilhada da prefeitura de Belo Horizonte

Autores

  • Laura Nayara Pimenta Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-graduação em Comunicação e Sociabilidade

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2015.139294

Palavras-chave:

Comunicação pública. Desenhos institucionais. Gestão compartilhada. Articulação comunitária. Comunidade.

Resumo

O presente artigo, síntese de nossa dissertação de mestrado, compreende, a partir do caso da Vila Jardim do Vale, de BeloHorizonte, como as interações comunicativas de uma comunidade proveniente de ocupação a tornam um público capaz departicipar, aumentar sua potência cívica e, assim, influenciar a tomada de decisão do poder público, considerando um contextodito de gestão compartilhada. Para isso, foram utilizadas observações sistemáticas, entrevistas em profundidade, pesquisabibliográfica e análise documental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laura Nayara Pimenta, Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-graduação em Comunicação e Sociabilidade

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Sociabilidade da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Comunicação Social pela UFMG. Graduação em Comunicação Social – Relações Públicas pelo Centro Universitário Newton Paiva, de Belo Horizonte. Cocoordenadora do projeto de extensão “Suporte de comunicação do programa polo de integração da UFMG no Vale do Jequitinhonha”. Pesquisadora integrante do grupo de pesquisa “Mobiliza” (CNPq/UFMG).

Downloads

Publicado

2015-12-14

Como Citar

PIMENTA, L. N. A interlocução entre poder público e cidadãos na proposta de gestão compartilhada da prefeitura de Belo Horizonte. Organicom, [S. l.], v. 12, n. 23, p. 51-64, 2015. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2015.139294. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/139294. Acesso em: 26 fev. 2024.