Relações públicas e economia criativa: aproximações entre a atuação profissional e as demandas do mercado cultural

Autores

  • Flavi Ferreira Lisboa Filho Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Ciências da Comunicação
  • Rogério Saldanha Corrêa Universidade Federal de Santa Maria
  • Carine de Almeida Vieira Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2015.139302

Palavras-chave:

Cultura. Economia criativa. Mercado cultural. Estudos culturais. Relações públicas.

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo refletir sobre a economia criativa a partir do mercado da cultura e as oportunidades para orelações-públicas na área cultural. Abordamos conceitos de cultura e sua relação com as áreas sociais, políticas e econômicas, além de problematizar as funções do profissional e as suas possibilidades de trabalho. O protocolo metodológico baseia-se na revisão bibliográfica. Observamos que o profissional que atuar no segmento cultural deve ter um posicionamento empreendedor para lidar com os desafios e as demandas impostas pelas lógicas que regulam o mercado da cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flavi Ferreira Lisboa Filho, Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Ciências da Comunicação

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Mestre em Engenharia da Produção pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Bacharel em Ciências Administrativas e em Comunicação Social – Relações Públicas pela UFSM. Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e do Departamento de Ciências da Comunicação da UFSM

Rogério Saldanha Corrêa, Universidade Federal de Santa Maria

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Bacharel em Comunicação Social – Relações Públicas pela UFSM.

Carine de Almeida Vieira, Universidade Federal de Santa Maria

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Economia e Desenvolvimento, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Bacharel em Ciências Econômicas pela UFSM

Downloads

Publicado

2015-12-14

Como Citar

LISBOA FILHO, F. F.; CORRÊA, R. S.; VIEIRA, C. de A. Relações públicas e economia criativa: aproximações entre a atuação profissional e as demandas do mercado cultural. Organicom, [S. l.], v. 12, n. 23, p. 138-148, 2015. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2015.139302. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/139302. Acesso em: 26 fev. 2024.