Experiências, cenas, corpos e afetos na era da covid-19

Autores

  • Sônia Caldas Pessoa Universidade Federal de Minas Gerais
  • Camila Maciel Campolina Alves Mantovani Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2022.196383

Palavras-chave:

Experiências, Corpos, Testemunhos, Dinâmicas organizacionais, Covid-19

Resumo

As relações entre experiências, corpos e afetos nos conduzem a cenas de pesquisadores numa instituição de ensino superior na pandemia do coronavírus. Compreendendo as organizações como espaços de produção e circulação de sentidos, realizamos a escuta dos testemunhos de pessoas com deficiência – que compartilham conosco seus circuitos de afetos para além de um estar em organização –, em diálogo com autores que refletem sobre corpos, cansaço e isolamento social.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Sônia Caldas Pessoa, Universidade Federal de Minas Gerais

    Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutora em Estudos Linguísticos pela UFMG. Cocoordenadora do Afetos: Grupo de Pesquisa em Comunicação, Acessibilidade e Vulnerabilidades.

  • Camila Maciel Campolina Alves Mantovani, Universidade Federal de Minas Gerais

    Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutora em Ciências da Informação pela UFMG. Cocoordenadora do Afetos: Grupo de Pesquisa em Comunicação, Acessibilidade e Vulnerabilidades.

Referências

BALDISSERA, Rudimar. Organizações como complexus de diálogos, subjetividades e significação. In: KUNSCH, Margarida (org.). A comunicação como fator de humanização das organizações. São Caetano do Sul: Difusão, 2010. p. 61-75.

BRANDÃO, Vanessa Cardozo; MANTOVANI, Camila Maciel Campolina Alves; PESSOA, Sônia Caldas. Cenas do ensino remoto emergencial: trilhas e experiências na era covid-19. In: GERALDES, Elen; PIMENTA, Gisele; BELISÁRIO, Katia; PINTO, Rafaela (org.). Comunicação e ciência na era covid-19. São Paulo: Intercom, 2021. v. 1. p. 230-242.

BRASIL. Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2012. Disponível em: https://bit.ly/3yuhkVT. Acesso em: 12 maio 2022.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da educação superior 2018: divulgação dos principais resultados. Brasília, DF: Inep, 2018. Disponível em: https://bit.ly/39PxpuR. Acesso em: 1 set. 2021. DAS, Veena. Vida e palavras: a violência e sua descida ao ordinário. São Paulo: Editora Unifesp, 2020. DINIZ, Débora. Modelo social da deficiência: a crítica feminista. Série Anis, Brasília, DF, v. 28, p. 1-8, 2003.

EINOLA, Katja et al. Writing multivocal intersectionality in times of crisis. Gender, Work & Organization, Hoboken, v. 28, n. 4, p. 1600-1623, 2020. doi: https://doi.org/10.1111/gwao.12577. HAN, Byung-Chul. Teletrabalho, Zoom e depressão: o filósofo Byung-Chul Han diz que exploramos a nós mesmos mais do que nunca. El País, [s. l.], 22 mar. 2021. Disponível em: https://bit.ly/3l4jyTP. Acesso em: 12 maio 2022. ISOLAR. In: DICIONÁRIO Houaiss. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

LAPOUJADE, David. O corpo que não aguenta mais. In: LAPOUJADE, David; GADELHA, Sylvio (org.). Nietzsche e Deleuze: que pode o corpo. Rio de Janeiro: Relumé Dumará; Fortaleza: Secretaria da Cultura e Desporto, 2002. p. 81-90. MASSEY, Doreen. Pelo espaço: uma nova política da espacialidade. Tradução de Hilda Pareto Maciel e Rogério Haesbaert. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.

RANCIÈRE, Jacques. O método da cena. Belo Horizonte: Quixote-Do, 2021. SAFATLE, Vladimir. Circuito dos afetos: corpos políticos, desamparo, fim do indivíduo. São Paulo: Cosac Naify, 2015. SPINOZA, Bento. Ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2018.

Downloads

Publicado

2022-11-18

Como Citar

PESSOA, Sônia Caldas; MANTOVANI, Camila Maciel Campolina Alves. Experiências, cenas, corpos e afetos na era da covid-19: . Organicom, São Paulo, Brasil, v. 19, n. 38, p. 18–27, 2022. DOI: 10.11606/issn.2238-2593.organicom.2022.196383. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/organicom/article/view/196383.. Acesso em: 25 jul. 2024.