PERCEPÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL E SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UM ESTUDO EM EMPRESAS BRASILEIRAS

  • EMANUEL DHEISON DOS SANTOS PENHA Universidade Federal do Ceará
  • Sílvia Maria Dias Pedro Rebouças Universidade Federal do Ceará
  • Monica Cavalcanti Sa de Abreu Universidade Federal do Ceará
  • Tobias Coutinho Parente

Abstract

Esta pesquisa busca verificar se a percepc¸ão de responsabilidade social corporativa (PRSC) dos empregados influencia na satisfac¸ão no trabalho. A hipótese é que quanto maior a PRSC, mais satisfeitos eles são no trabalho. Cinco sub-hipóteses foram testadas: satisfac¸ão com o salário, com os colegas de trabalho, com promoc¸ões, com a natureza do trabalho e com a lideranc¸a. Para a pesquisa, usou-se a base de dados da pesquisa MEPT – Melhores Empresas para Você Trabalhar – feita anualmente no Brasil, com 114.147 funcionários de 383 empresas. Para testar a hipótese da pesquisa, foram aplicadas astécnicas de Análise Fatorial Exploratória (AFE), Análise Fatorial Confirmatória (AFC) e Equac¸ões Estruturais(SEM). Os resultados evidenciaram três constructos da PRSC que estão relacionados com a satisfac¸ão no trabalho: satisfac¸ão com lideranc¸a e natureza do trabalho; satisfac¸ão com salário; e satisfac¸ão com colegas de trabalho. A percepc¸ão de RSC influencia significativamente os três constructos. Porém, satisfac¸ão com a lideranc¸a e natureza do trabalho foi o constructo mais explicado pela percepc¸ão de RSC

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Tobias Coutinho Parente
Universidade Federal do Ceará
Published
2017-03-30
How to Cite
PENHA, E., Rebouças, S. M., Sa de Abreu, M., & Parente, T. (2017). PERCEPÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL E SATISFAÇÃO NO TRABALHO: UM ESTUDO EM EMPRESAS BRASILEIRAS. REGE Revista De Gestão, 23(4), 306-3015. Retrieved from https://www.revistas.usp.br/rege/article/view/129034
Section
Outras Áreas