Aulas on-line de instrumentos musicais: novo paradigma em tempos de pandemia

Autores

  • Daniel Marcondes Gohn Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-7117.rt.2020.170749

Palavras-chave:

Educação a distância, Aulas on-line, Pandemia, Covid-19, Bateria

Resumo

Este texto lança um olhar sobre o cenário da pandemia de Covid-19 no início de 2020, período que ocasionou profundas transformações na sociedade e reconfigurações no campo da educação musical. É apontada uma diferenciação entre ações de ensino remoto realizadas de forma emergencial e a educação a distância (EAD), quando aplicada com planejamento, pedagogias específicas e condições tecnológicas favoráveis. Na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), instituição que serve como base para as reflexões aqui apresentadas, há um processo bem elaborado e estruturado na Licenciatura em Educação Musical, oferecido na modalidade a distância em parceria com o projeto Universidade Aberta do Brasil (UAB). Em contrapartida, diversas instâncias da instituição discutiram ações emergenciais para lidar com a necessidade de distanciamento social, utilizando recursos tecnológicos como apoio. A partir do contexto pandêmico, emergiram também debates em vários âmbitos na internet, promovendo discussões no sentido de lapidar aulas on-line de instrumentos musicais. Percebe-se nesse contexto o surgimento de um novo paradigma, no qual a comunicação síncrona, por meio de softwares de videoconferência, poderá ter um papel mais relevante do que tinha em modelos de trabalho anteriores, como no exemplo do curso UAB. O presente trabalho oferece elementos específicos para aulas on-line de bateria, buscando a superação de adversidades não somente no período de enfrentamento do Covid-19, mas também para desafios que permanecerão no pós-pandemia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARCHIBALD, Mandy M. et al. “Using Zoom Videoconferencing for Qualitative Data Collection: Perceptions and Experiences of Researchers and Participants”. International Journal of Qualitative Methods, v. 18, p. 1-8, jan. 2019.

BORGES, Daniela. Ensino a distância na quarentena esbarra na realidade de alunos e professores da rede pública. BBC News Brasil, 11 maio 2020. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-52568678. Acesso em: 28 maio 2020.

BOWMAN, Judith. Online Learning in Music. Foundations, Frameworks, and Practices. New York: Oxford University Press, 2014.

BRASIL. Portaria 2.117, de 6 de dezembro de 2019. Dispõe sobre a oferta de carga horária na modalidade de Ensino a Distância (EaD) em cursos de graduação presenciais ofertados por Instituições de Educação Superior (IES) pertencentes ao Sistema Federal de Ensino. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 6 dez. 2019. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-2.117-de-6-de-dezembro-de-2019-232670913. Acesso em: 4 jun. 2020.

BRETT, Thomas. “Virtual drumming: a history of electronic percussion”. In Hartenberger, R. (ed.). The Cambridge Companion to Percussion. Cambridge: Cambridge University Press, 2016. p. 82-94

DAVIES, Gil. The effectiveness of LOLA (LOw LAtency) audiovisual streaming technology for distributed music practice. 2015. Masters research diss., Edinburgh Napier University, Edinburgh.

DEAN, Matt. The drum: a history. Plymouth: Scarecrow Press, 2012.

GOHN, Daniel M. Autoaprendizagem musical: alternativas tecnológicas. São Paulo: Editora Annablume, 2003.

GOHN, Daniel M. Educação musical a distância: abordagens e experiências. São Paulo: Cortez Editora, 2011.

GOHN, Daniel M. “A Internet em desenvolvimento: vivências digitais e interações síncronas no ensino a distância de instrumentos musicais”. Revista da ABEM, v. 21, n. 30, p. 25-34, jan./jul. 2013.

GOHN, Daniel M. “Educação musical com as tecnologias da EaD”. In: Silva, Helena. L. e José Antônio B. Zille, orgs. Música e educação. Barbacena: EdUEMG, 2015. p. 157-169

GOHN, Daniel M. “The drum kit beyond the anglosphere: the case of Brazil”. In: BRENNAN, Matt; PIGNATO, Joseph; STADNICKI, Daniel (eds.). Cambridge Companion to Drum Kit. Cambridge: Cambridge University Press, 2020 (no prelo).

GOHN, Maria da Glória. “Educação não-formal: direitos e aprendizagens dos cidadãos(ãs) em tempos do coronavírus”. Revista Humanidades e Inovação, v. 7, n. 7, p. 9-20, mar. 2020.

GRANZOTTO, Nicola; RUGGERI, Paolo. Drum sets characterization in acoustic laboratory. In: Second Vienna Talk, sept. 2010, Vienna. Proceedings… Vienna: University of Music and Performing Arts, 2010. p. 73-76

LITTO, Fredric M. Aprendizagem a distância. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

MOORE, Michael; KEARSLEY, Greg. Educação a distância. Uma visão integrada. Tradução: Roberto Galman. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

PAIXÃO, André. “Só 6 das 69 universidades federais adotaram ensino a distância após paralisação por causa da Covid-19.” Portal G1, Seção Educação, 14 maio 2020. Disponível em: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/05/14/so-6-das-69-universidades-federais-adotaram-ensino-a-distancia-apos-paralisacao-por-causa-da-covid-19.ghtml. Acesso em: 28 maio 2020.

SHEPARD, Brian. “The global village gets a music school.” Keynote address to the 55th College Music Society National Conference, San Diego, CA, 2012. Disponível em: http://www.briankshepard.com/media/GlobalMusic.pdf. Acesso em: 5 jun. 2020.

TOSCANO, Jim. “Getting the most out of online lessons.” Sabian Education Network: Resource Library. Documento PDF. 2020. Disponível em: https://sabianed.com/pdf/1586530505-getting-the-most-out-of-online-lessons-pdf.pdf. Acesso em: 5 jun. 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-21

Como Citar

Gohn, D. M. (2020). Aulas on-line de instrumentos musicais: novo paradigma em tempos de pandemia. Revista Da Tulha, 6(2), 152-171. https://doi.org/10.11606/issn.2447-7117.rt.2020.170749

Edição

Seção

Artigo