O DISCURSO MUSICAL DO SÉCULO XVIII

EMULAÇÕES RETÓRICAS NA OBRA DE FRANCESCO GEMINIANI (1687-1762)

Autores

  • Marcus Held Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v18iespecial.151085

Palavras-chave:

Francesco Geminian, retórica musical, gosto, afetos

Resumo

Na literatura dos séculos XVII e XVIII, centenas de tratados dedicados à composição, interpretação, ensino e reflexão musicais foram publicados e difundidos por todo o continente Europeu. Tais obras, que variam enormemente em relação à metodologia abordada por seus autores, costumam, frequentemente, trazer consigo a noção de que a música é análoga ao discurso verbal, ambos guiados pelas regras da retórica, e que sua finalidade seja ensinar, deleitar e mover o ouvinte. No caso de Francesco Geminiani (1687-1762), esta mesma ideia pode ser lida em sua obra tratadística. Neste artigo, pretende-se discorrer sobre diversas emulações retóricas almejadas por Geminiani (1687-1762) em sua obra tratadística, sobretudo nas Regras para tocar com verdadeiro gosto (c.1748), Tratado sobre o bom gosto na arte da música (1749) e A arte de tocar violino (1751). Nesses tratados, o autor não apenas alinhou-se às correntes de pensamento de sua época, representadas por Batteux, Hume e Montesquieu – na filosofia – e por Quantz, C. P. E. Bach e L. Mozart – na música –, mas também recuperou acepções do discurso falado, escrito e proferido, presentes nas retóricas clássicas De Oratore, de Cícero, e Institutio Oratoria, de Quintiliano. Observaremos que, no tocante à discussão filosófico-musical setecentista em torno da tópica do Gosto – lugar-comum no conjunto total de sua tratadística –, Geminiani apoia-se na recuperação e no debate de diversos preceitos sobre imaginação, juízo, decoro, ornamentação, performance e recepção, abordados pelos autores mencionados, tornando, assim, evidente sua visão da composição musical espelhada no discurso retórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-21

Como Citar

Held, M. (2018). O DISCURSO MUSICAL DO SÉCULO XVIII: EMULAÇÕES RETÓRICAS NA OBRA DE FRANCESCO GEMINIANI (1687-1762). Revista Música, 18(especial), 109-132. https://doi.org/10.11606/rm.v18iespecial.151085