Teoria Aplicada ao Violão, de Othon da Rocha Neves: uma análise comparativa

Autores

  • Frederico Cunha Grünewald Zarantoneli Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v23i1.211300

Palavras-chave:

Othon da Rocha Neves, método de violão, ensino de violão

Resumo

Este trabalho apresenta o método inédito Teoria Aplicada ao Violão e os volumes 3 e 4 de Guitarra Espanhola publicados pela Editora Vitale em 1966, do compositor, arranjador e professor de violão da zona da mata mineira Othon da Rocha Neves (1924 – 1991), um relevante personagem da didática violonística nacional. Pretendemos realizar uma análise comparativa do método inédito com outros tratados que possivelmente teriam influenciado este didata, a saber, o Op. 59, de Matteo Carcassi (1792 – 1853), a Escola Moderna do Violão Vol. 1, de Isaias Savio (1900 – 1977) e a Iniciação ao Violão, de Henrique Pinto (1941 – 2010). Também identificamos Ferdinando Carulli (1770 – 1841) e Emilio Pujol (1886 – 1980) como possíveis influências pedagógicas. Os objetivos dessa investigação são: a identificação e caracterização da abordagem metodológica e pedagógica de Neves, bem como o detalhamento de mudanças no seu arcabouço teórico relativo às suas publicações anteriores.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Frederico Cunha Grünewald Zarantoneli, Universidade Federal de Juiz de Fora

Frederico Grunewald é mestre em música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2020), na linha de Ensino das Práticas Musicais, orientado pelo Dr. Nicolas de Souza Barros. Seu livro-produto - O legado de Othon da Rocha Neves à pedagogia do violão na Zona da Mata mineira: antologia de obras e biografia - foi aprovado (cum laude), por ser considerado particularmente relevante e original à comunidade acadêmica e ao meio profissional. Frederico Grunewald também é licenciado em música pela Faculdade Mozarteum de São Paulo (2017); especialista em musicoterapia (lato sensu) pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro (2016) e bacharel em música (violão) pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2014), pela classe do professor Dr. Luis Leite. Grunewald já lecionou violão na Escola de Música do Santa Catarina (Juiz de Fora/MG) e atualmente é professor de violão do Conservatório Estadual de Música Haidée França Americano (Juiz de Fora/MG). Integrou o duo de violão e canto com a soprano Luane Voigan e ganhou concursos de música como Souza-Lima, em 2012, e o Jovem Músico BDMG (2012 e 2014). Desde 2022, Frederico Grünewald é discente do curso de doutorado em Artes, Cultura e Linguagens, na linha Poéticas Visuais e Musicais, na Universidade Federal de Juiz de Fora. Sua área de atuação é em ensino de violão solo e em grupo, performance e arranjo.

Referências

ANTUNES, Gilson. Henrique Pinto. Disponível em: <https://www.violaobrasileiro.com/dicionario/visualizar/henrique-pinto>. Acesso em: 08 jul 2019.

APEL, Willi. The Harvard dictionary of music. Harvard University Press, 2003, p. 31.

BARTOLONI, Giacomo. O violão na cidade de São Paulo no período de 1900 a 1950. 1995. 222 f. Dissertação (Mestrado em Artes) – Instituto de Artes, Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 1995. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/99650>. Acesso em: 11 jul 2019.

CANILHA, Cauã Borges. Uma análise mecânica sobre os 25 Etudes Mélodiques et Progressives Op.60 para violão, de Matteo Carcassi. 2017. 233 f. Dissertação (Mestrado em Música) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: <https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-31102017-145029/pt-br.php>. Acesso em: 10 jul 2019.

CARCASSI, Matteo. Methodo completo de Violão Opus 59. Tradução Raphael Coelho Machado. Mayence: B. Schott’s Soehne. 1850.

CARDOSO, João Henrique Côrrea. A Técnica violonística: um estudo das convergências e divergências nos métodos de ensino no decorrer da história do violão.2015. 157f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015. Disponível em: <https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4769>. Acesso em: 09 jul 2019.

CARLEVARO, Abel. Escuela de la Guitarra. Buenos Aires: Barry editorial, 1979.

CARLEVARO, Abel. Serie didactica para guitarra: cuaderno nº 1. Buenos Aires: Barry Editorial, 1966.

CARLEVARO, Abel. Serie didactica para guitarra: cuaderno nº 2. Buenos Aires: Barry Editorial, 1967.

CARLEVARO, Abel. Serie didactica para guitarra: cuaderno nº 3. Buenos Aires: Barry Editorial, 1969.

CARLEVARO, Abel. Serie didactica para guitarra: cuaderno nº 4. Buenos Aires: Barry Editorial, 1974.

CARULLI, Ferdinando; TERZI, Benvenuto. Metodo completo per chitarra vol. III. Riveduto e completato da Benvenuto Terzi, etc. Milão: G. Ricordi & c, 1955.

DICIONÁRIO CRAVO ALBIN DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA. Mário Mascarenhas. Disponível em: <http://dicionariompb.com.br/mario-mascarenhas>. Acesso em: 09 jul 2019.

MOTA, Bethania Maria de Araújo. Retrospectiva histórica do Conservatório Estadual de Música “Haidée França Americano”. Juiz de Fora: FUNALFA, 2006. p. 91.

NEVES, Othon da Rocha. Capricho (Estudo Sobre Quiálteras). São Paulo – Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1985. Partitura. Violão. 2 p.

NEVES, Othon da Rocha. Festa junina: suíte brasileira (1. Marchinha. 2. Rancheira. 3. Polca. 4. Seresta. 5. Chorinho). São Paulo – Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1985. Partitura. Violão. 4 p.

NEVES, Othon da Rocha. Método para violão: guitarra espanhola. Volume 3. 6. ed. São Paulo, Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1966.

NEVES, Othon da Rocha. Método para violão: guitarra espanhola. Volume 4. São Paulo, Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1966.

NEVES, Othon da Rocha. Peças fáceis para o violão. 1ª ed. São Paulo – Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1967.

NEVES, Othon da Rocha. Peças fáceis para o violão. Volume 2. 1ª ed. São Paulo – Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1967.

NEVES, Othon da Rocha. Sonatina (1. Allegretto. 2. Adágio. 3. Allegro). São Paulo – Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1985. Partitura. Violão. 2 p.

NEVES, Othon da Rocha. Teoria Aplicada ao Violão. Juiz de Fora: não publicado, 1990.

OPHEE, Matanya. A Brief History of Spanish Guitar Methods. Tradução Nicolas de Souza Barros. Conferencia leída el Festival Internacional de Guitarra de Cuernavaca, 1998.

OROSCO, Maurício Tadeu dos Santos. O compositor Isaias Savio e sua obra para violão. 2001. 273f. Dissertação (Mestrado em Artes) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: <https://www.violaobrasileiro.com.br/files/uploads/texts/text_17/biblioteca_advb_arquivo_17.pdf>. Acesso em: 07 jul 2019.

PINTO, Henrique. Iniciação ao violão: princípios básicos e elementares para principiantes. São Paulo: Ricordi brasileira, 1978.

PUJOL, Emilio. Escuela razonada de la guitarra: libro primero. Argentina: Ricordi Americana, 1956.

SAVIO, Isaias. Escola moderna do violão: técnica do mecanismo. São Paulo: Ricordi brasileira, 1962.

SOARES, Oswaldo. A escola de Tárrega: método completo de violão. São Paulo, Rio de Janeiro: Irmãos Vitale, 1962.

SUETHOLZ, Robert John. A pedagogia do violoncelo e aspectos de técnicas de reeducação corporal. 2011. 142f. Tese (Doutorado em Artes) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, 2011. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27157/tde-06062011-125105/pt-br.php>. Acesso em: 07 jul 2019.

TIRADO, Marta. Francisco Tárrega: un guitarrista imprescindible. Ribalta. Quaderns d'aplicació didàctica i investigació, Castelló de la Plana, n. 16, 2009, p. 23-35. Disponível em: <http://www.laguitarra-blog.com/wp-content/uploads/2011/09/tarrega-biografia.pdf>. Acesso em: 16 jul 2009.

WOLFF, Daniel. O violão clássico em Porto Alegre. Brasiliana, Rio de Janeiro, v. 28, 2008, p. 18-25. Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/86625/000709728.pdf?sequence=1>. Acesso em: 07 jul 2019.

ZARANTONELI, Frederico Cunha Grunewald. O Legado de Othon da Rocha Neves à pedagogia do violão na zona da mata mineira: antologia de obras e biografia. Juiz de Fora: [s. n.], 2023.

Downloads

Publicado

2023-09-01

Como Citar

Zarantoneli, F. C. G. (2023). Teoria Aplicada ao Violão, de Othon da Rocha Neves: uma análise comparativa. Revista Música, 23(1), 591-615. https://doi.org/10.11606/rm.v23i1.211300