Medicamentos passíveis de infusão por hipodermóclise

  • Rita de Cássia Quaglio Universidade de Sao Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas
  • Fabiana Rossi Varallo Universidade Paulista e Farmacêutica do Hospital Estadual Américo Brasiliense
  • Nereida Kilza da Costa Lima Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Departamento de Clinica Médica
  • André Felipe Junqueira Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas
  • Edgar Ianhez Júnior Hospital Estadual Américo Brasiliense
  • Silvia Matumoto Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Departamento Materno Infantil e Saúde-Pública
  • Cinira Magali Fortuna Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Departamento Materno Infantil e Saúde-Pública
Palavras-chave: Hipodermóclise. Tratamento Farmacológico. Cuidados Paliativos. Cuidados de Enfermagem

Resumo

Modelo do estudo: Revisão Sistemática da Literatura e discussão com profissionais especialistas. Objetivo: Propor a lista de medicações, diluente e volume de diluição, para o uso por hipodermóclise, a pacientes acima de 18 anos Método: Com base em diretrizes Prisma, foi realizado um levantamento bibliográfico na base de dados MEDLINE através do portal Pubmed e pela biblioteca virtual SCIELO, utilizando os descritores: infusions; subcutaneous; palliative care; hospice; palliative care nursing e as palavra-chave hypodermoclysis e off-label use, seus correspondentes em português e seus cruzamentos. Os artigos encontrados foram analisados a partir do instrumento AMSTAR, seguido de discussão com profissionais de formação avançada em CP. Resultados: Dos artigos foram extraídas as seguintes variáveis: medicamentos administrados por hipodermóclise, veículo e volume de diluição, tempo de infusão, forma de administração (continua e em bolus), além de observações referentes à administração em sítio único e concentração máxima. A partir destas variáveis elaborou-se síntese em relação às medicações a serem utilizadas. Conclusões: Chegou-se a uma lista de medicações, dosagem, volume de diluição e diluente. Os resultados encontrados na literatura foram discutidos em processo dialógico e convergente, pelos profissionais de enfermagem, medicina e farmácia. Sendo assim, esta lista possui perfil replicável para outros serviços com cuidados paliativos ou que utilizam a via hipodermóclise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita de Cássia Quaglio, Universidade de Sao Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas

Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Mestrado Profissional de Tecnologia e Inovação em Enfermagem da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto – SP e Enfermeira da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP-USP)

Fabiana Rossi Varallo, Universidade Paulista e Farmacêutica do Hospital Estadual Américo Brasiliense

Docente, Universidade Paulista e Farmacêutica do Hospital Estadual Américo Brasiliense - FAEPA

Nereida Kilza da Costa Lima, Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Departamento de Clinica Médica

Docente, Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – FMRP-USP.

André Felipe Junqueira, Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas

Docente, Médico do HCFMRP-USP

Edgar Ianhez Júnior, Hospital Estadual Américo Brasiliense

Médico do Hospital Estadual Américo Brasiliense- FAEPA

Silvia Matumoto, Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Departamento Materno Infantil e Saúde-Pública

Docente, Departamento Materno Infantil e Saúde-Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto- USP

Cinira Magali Fortuna, Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Departamento Materno Infantil e Saúde-Pública

Docente, Departamento Materno Infantil e Saúde-Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto- USP.

Publicado
2018-09-04
Como Citar
1.
Quaglio R de C, Varallo F, Lima N, Junqueira A, Ianhez Júnior E, Matumoto S, Fortuna C. Medicamentos passíveis de infusão por hipodermóclise. Medicina (Ribeirão Preto. Online) [Internet]. 4set.2018 [citado 16out.2019];51(1):55-8. Available from: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/150079
Seção
Revisão
Bookmark and Share