Avaliação da qualidade de vida de praticantes de um programa de condicionamento extremo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.rmrp.2023.212170

Palavras-chave:

Qualidade de vida, Atividade física, Exercício, Inquéritos e questionários

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar as associações entre a qualidade de vida com características sociodemográficas, motivação, frequência e tempo de prática em praticantes de um programa de condicionamento extremo. Métodos: Pesquisa de caráter observacional, do tipo descritivo-exploratória, sendo a amostra por conveniência
composta por praticantes de Crossfit®. Os praticantes responderam um questionário de dados demográficos e, para avaliar a qualidade de vida, utilizou-se o instrumento validade WHOQOL-bref. Resultados: Dos 260 praticantes avaliados, 59,61% foram do sexo feminino. As maiores médias dos escores da qualidade de vida foram para o domínio
físico, (79,8 ± 11,76), domínio social (74,1 ± 15,59), domínio psicológico (73,2 ± 13,67) e domínio ambiente (70,7 ± 12,14). O tempo de prática mostrou correlações positivas com todos os domínios qualidade de vida. Conclusão: Os praticantes apresentam bons resultados para a QV, sendo os maiores escores no domínio físico, seguido pelo domínio social, domínio psicológico e por último domínio ambiente. Maior tempo de prática indicou correlação com maiores médias em todos os domínios da QV.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Antônio Ribeiro Neto, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, (MG), Brasil

    Profissional de Educação Física. Mestre em Educação Física

  • Kamila Araújo Pires, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, (MG), Brasil

    Profissional de Educação Física. Mestre em Educação Física

  • Danilo Santos Rocha, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, (MG), Brasil

    Fisioterapeuta. Mestre em Educação Física

  • Lucimara Ferreira Magalhães, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, (MG), Brasil

    Fisioterapeuta. Mestre em Educação Física

  • Isabel Aparecida Porcatti de Walsh, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, (MG), Brasil

    Fisioterapeuta. Doutora em Ciências Fisiológicas

  • Dernival Bertoncello, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, (MG), Brasil

    Fisioterapeuta.  Doutor em Ciências Fisiológicas

Referências

Urzúa Morales A, Julio Toro C, Páez Ramírez D, Sanhueza González J, Caqueo Urízar A. Are there any differences in the assessment of quality of life when children score the importance of what is asked to them? Arch argent pediatr. 2013;0–0.

Urzúa M A. [Health related quality of life: Conceptual elements]. Rev Med Chil. março de 2010;138(3):358–65.

Riley AW, Spiel G, Coghill D, Döpfner M, Falissard B, Lorenzo MJ, et al. Factors related to health-related quality of life (HRQoL) among children with ADHD in Europe at entry into treatment. Eur Child Adolesc Psychiatry. dezembro de 2006;15 Suppl 1:I38-45.

Global recommendations on physical activity for health. Genève: WHO; 2010.

Silva RS, Silva I da, Silva RA da, Souza L, Tomasi E. Atividade física e qualidade de vida. Ciênc saúde coletiva. janeiro de 2010;15:115–20.

Pucci GCMF, Rech CR, Fermino RC, Reis RS. Association between physical activity and quality of life in adults. Rev Saude Publica. fevereiro de 2012;46(1):166–79.

Gillen JB, Percival ME, Ludzki A, Tarnopolsky MA, Gibala MJ. Interval training in the fed or fasted state improves body composition and muscle oxidative capacity in overweight women. Obesity (Silver Spring). novembro de 2013;21(11):2249–55.

Tibana RA, de Almeida LM, Frade de Sousa NM, Nascimento D da C, Neto IV de S, de Almeida JA, et al. Two Consecutive Days of Crossfit Training Affects Pro and Anti-inflammatory Cytokines and Osteoprotegerin without Impairments in Muscle Power. Front Physiol. 2016;7:260.

Claudino JG, Gabbett TJ, Bourgeois F, Souza H de S, Miranda RC, Mezêncio B, et al. CrossFit Overview: Systematic Review and Meta-analysis. Sports Med Open. 26 de fevereiro de 2018;4(1):11.

Fleck MP, Louzada S, Xavier M, Chachamovich E, Vieira G, Santos L, et al. Aplicação da versão em português do instrumento abreviado de avaliação da qualidade de vida “WHOQOL-bref”. Revista de Saúde Pública. abril de 2000;34(2):178–83.

Monteiro CA, Conde WL, Matsudo SM, Matsudo VR, Bonseñor IM, Lotufo PA. A descriptive epidemiology of leisure-time physical activity in Brazil, 1996-1997. Rev Panam Salud Publica. outubro de 2003;14:246–54.

Samulski DM, Noce F. A IMPORTÂNCIA DA ATIVIDADE FÍSICA PARA A SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA: UM ESTUDO ENTRE PROFESSORES, ALUNOS E FUNCIONÁRIOS DA UFMG. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. 2000;5(1):5–21.

Minayo MC de S, Hartz ZM de A, Buss PM. Qualidade de vida e saúde: um debate necessário. Ciência & Saúde Coletiva. 2000;5(1):7–18.

Simões CSM, Samulski DM, Simim M, Santiago ML de M. ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA DE PROFESSORES E ALUNOS DE MUSCULAÇÃO: UM ESTUDO COMPARATIVO. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. 2011;16(2):107–12.

Seidl EMF, Zannon CML da C. Qualidade de vida e saúde: aspectos conceituais e metodológicos. Cadernos de Saúde Pública. abril de 2004;20(2):580–8.

Bize R, Johnson JA, Plotnikoff RC. Physical activity level and health-related quality of life in the general adult population: a systematic review. Prev Med. dezembro de 2007;45(6):401–15.

Shibata A, Oka K, Nakamura Y, Muraoka I. Recommended level of physical activity and health-related quality of life among Japanese adults. Health Qual Life Outcomes. 28 de novembro de 2007;5:64.

Wendel-Vos GCW, Schuit AJ, Tijhuis M a. R, Kromhout D. Leisure time physical activity and health-related quality of life: cross-sectional and longitudinal associations. Qual Life Res. abril de 2004;13(3):667–77.

Magalhães L, Neto A, Walsh I, Bertoncello D. Benefits of extreme fitness programs for women. 16 de maio de 2020;8:274–81.

Neto A, Magalhães L, Walsh I, Bertoncello D. Capacity for work and quality of life in Crossfit. 3 de março de 2020;8:242.

Gordia AP, Quadros TMB de, Campos W de, Petroski ÉL. Domínio Físico da Qualidade de Vida entre Adolescentes: Associação com Atividade Física e Sexo. Rev salud pública. fevereiro de 2009;11:50–61.

Kartal A, Ergin E. Investigation of the effect of 6-week CrossFit exercises on anaerobic endurance and anaerobic strength in male basketball players. African Educational Research Journal. 10 de agosto de 2020;8(1):S62–8.

Yüksel O, Gündüz B, Kayhan M. Effect of Crossfit Training on Jump and Strength. Journal of Education and Training Studies. 21 de dezembro de 2018;7(1):121–4.

Zagdsuren B, Evans GS, Inman C, Stone W, Arnett S, Schafer M, et al. Crossfit Vs. Circuit-training: Effects Of A Ten-week Training Program On Aerobic, Anaerobic And Flexibility Indicators. 2924 Board #239 May 29, 3 30 PM - 5 00 PM. Medicine & Science in Sports & Exercise. maio de 2015;47(5S):801.

Schultz J, Parker A, Curtis D, Daniel J, Huang HH. The Physiological and Psychological Benefits of CrossFit Training – A Pilot Study. International Journal of Exercise Science: Conference Proceedings [Internet]. 26 de fevereiro de 2016;2(8). Disponível em: https://digitalcommons.wku.edu/ijesab/vol2/iss8/14

Dominski FH, Casagrande P de O, Andrade A. O fenômeno CrossFit®: análise sobre o número de boxes no Brasil e no mundo e modelo de treinamento e competição. RBPFEX - Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. 15 de julho de 2019;13(82):271–81.

Amaral RM de S, Oliveira JRR de. Impactos da prática de Crossfit na vida de seus praticantes / Impacts of Crossfit practice in the life of its practicers. Revista Saberes Acadêmicos. 23 de abril de 2020;4(1):35–41.

Publicado

— Atualizado em 2023-12-18

Edição

Seção

Artigo Original

Como Citar

1.
Ribeiro Neto A, Pires KA, Rocha DS, Magalhães LF, Walsh IAP de, Bertoncello D. Avaliação da qualidade de vida de praticantes de um programa de condicionamento extremo. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 18º de dezembro de 2023 [citado 25º de junho de 2024];56(4):e-212170. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/212170

Dados de financiamento