SIMULAÇÃO: ASPECTOS CONCEITUAIS

Autores

  • Antonio Pazin Filho Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Minna Moreira Dias Romano Divisão de Cardiologia. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v40i2p167-170

Palavras-chave:

Simulação. Educação Médica.

Resumo

A simulação exige a elaboração do conteúdo a ser transmitido, envolvendo a decomposição das tarefas a serem executadas em seus diversos componentes que serão estruturados em forma hierarquizada. Este conteúdo deve ser apresentado ao aluno através de quatro princípios básicos: exposição, seqüência, feed-back e repetição.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Antonio Pazin Filho, Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
    Docente. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo
  • Minna Moreira Dias Romano, Divisão de Cardiologia. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

    Médica Assistente. Divisão de Cardiologia. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2007-06-30

Edição

Seção

Capítulos

Como Citar

1.
Pazin Filho A, Romano MMD. SIMULAÇÃO: ASPECTOS CONCEITUAIS. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de junho de 2007 [citado 22º de maio de 2024];40(2):167-70. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/313