Regulação hormonal na ingestão alimentar: um breve relato

Autores

  • Alex Souto Maior Universidade Castelo Branco

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v45i3p303-309

Palavras-chave:

Hormônios. Neurônios Orexígenos e Anorexígenos. Ingestão Alimentar. Neurônios/ classificação

Resumo

O objetivo deste trabalho de revisão foi dissertar sobre a regulação hormonal da ingestão alimentar e dopeso corporal. A ingestão de macronutrientes, o gasto energético e o balanço entre a síntese de hormô-nios que aumentam a atividade dos neurônios orexígenos e anorexígenos são fatores determinantesna regulação da ingestão alimentar e no controle do peso corporal. Os hormônios leptina, insulina e opeptídeo YY são grandes potenciadores da atividade dos neurônios anorexígenos POMC/CART. Poroutro lado, a ação da grelina aumenta a atividade dos neurônios orexígenos NPY/AgRP. Estes hormônios sintetizados perifericamente atravessam a barreira-hemato-encefálica e se ligam aos seus receptores no núcleo arqueado hipotalâmico com o objetivo de regular a ingestão alimentar e controlar obalanço energético. Estes mecanismos revelam a complexidade do controle do balanço energético etodos os centros envolvidos na busca pela homeostase energética

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alex Souto Maior, Universidade Castelo Branco

Doutor em fisiologia – Universidade Federal do Rio de Janeiro– Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (UFRJ/IBCCF); Professor do Departamento de Fisiologia do exercício – Universidade Castelo Branco (UCB/RJ).

Downloads

Publicado

2012-09-30

Como Citar

1.
Maior AS. Regulação hormonal na ingestão alimentar: um breve relato. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de setembro de 2012 [citado 4 de março de 2024];45(3):303-9. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/47663

Edição

Seção

Artigo de Revisão
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)