Medida indireta da pressão arterial sistêmica

Autores

  • André Schmidt Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.
  • Antônio Pazin Filho Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.
  • Benedito Carlos Maciel Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v37i3/4p240-245

Palavras-chave:

Pressão Arterial, medição. Semiologia.

Resumo

Este artigo revisa a medição da pressão arterial através do método indireto. São discutidos a técnica de medida e fatores que interferem no método, situações especiais e os valores de referência com base nos consensos recentemente publicados.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • André Schmidt, Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

    Docente. Disciplina de Cardiologia. Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

     

  • Antônio Pazin Filho, Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

    Docente. Disciplina de Cardiologia. Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

  • Benedito Carlos Maciel, Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

    Docente. Disciplina de Cardiologia. Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.

Downloads

Publicado

2004-12-30

Edição

Seção

Simpósio: Semiologia

Como Citar

1.
Schmidt A, Pazin Filho A, Maciel BC. Medida indireta da pressão arterial sistêmica. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de dezembro de 2004 [citado 20º de julho de 2024];37(3/4):240-5. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/501