Edema pulmonar agudo

Autores

  • Renato Barroso Pereira Castro Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – FMRP/USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v36i2/4p200-204

Palavras-chave:

Edema Pulmonar Agudo. Insuficiência Respiratória Aguda.

Resumo

São revistos os conceitos fisiopatológicos, diagnósticos e terapêuticos do edema pulmonar agudo, com ênfase na etiologia cardiológica. O acúmulo de líquido, no espaço intersticial pulmonar, respeita a dinâmica observada em qualquer outro território e se faz, inicialmente, no espaço peribronquiolar e, posteriormente, na região perialveolar inundando, a seguir, a própria luz do alvéolo. A integridade da membrana alveolocapilar é fator fundamental e está mais ou menos comprometida, segundo a etiologia do edema. O diagnóstico é essencialmente clínico, mas a investigação adicional , por recursos diagnósticos vários, é fundamental. A terapêutica fundamenta-se no fornecimento de oxigênio em níveis suficientes, ao mesmo tempo em que se promove a normalização da função de hematose, reduzindo-se o líquido acumulado no interstício e restaurando-se a integridade da barreira alveolocapilar. O pronto reconhecimento e o início do tratamento são fundamentais na tentativa de reduzirmos o prognóstico ominoso dessa entidade clínica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Barroso Pereira Castro, Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – FMRP/USP

Médico Assistente. Divisão de Cardiologia. Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo – FMRP/USP

Downloads

Publicado

2003-12-30

Como Citar

1.
Castro RBP. Edema pulmonar agudo. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de dezembro de 2003 [citado 27 de julho de 2021];36(2/4):200-4. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/548

Edição

Seção

Cardiológicas
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)