Urgências e emergências hipertensivas

Autores

  • Rogério Gomes Furtado
  • Eduardo Barbosa Coelho
  • Fernando Nobre Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo FMRP/USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v36i2/4p338-344

Palavras-chave:

Emergências. Hipertensão. Crise Hipertensiva.

Resumo

Introdução - A Urgência e a Emergência Hipertensiva são ocorrências clínicas, que podem representar mais de 25% dos atendimentos de urgência médica, devendo o médico deve estar apto a diferenciá-las, visto que o prognóstico e o tratamento são distintos. Métodos - Foram pesquisados, no site www.ncbi.nlm.nih.gov/PUBMED os artigos referentes ao termo “Crise Hipertensiva” tendo sido selecionadas dezenove publicações, que foram analisadas nesta revisão. Resultados - A Emergência Hipertensiva resulta de elevação abrupta da pressão arterial, com sintomas que sugerem lesões de órgãos-alvo, necessitando de internação hospitalar,em ambiente de terapia intensiva e tratamento com Nitroprussiato de Sódio e/ou Urapidil. Na Urgência Hipertensiva,ocorre aumento da pressão arterial, sem sinais e sintomas de lesão de órgãosalvo, podendo ser ambulatorial o tratamento, com medicamentos por administração oral. Discussões sobre diagnóstico, fisiopatologia e, sobretudo, tratamento apropriado são apresentados. Conclusões - Urgência Hipertensiva é caracterizada por elevação da pressão sem sintomas e/ou lesões em órgãos-alvo, necessitando de redução da pressão arterial em até 24 h. A Emergência Hipertensiva configura-se como elevação significativa da pressão, com sintomas e risco de vida, necessitando de tratamento e redução imediata da pressão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério Gomes Furtado

 

Médico Residente R4. Divisão de Cardiologia. 

 

Eduardo Barbosa Coelho

Docente. Disciplina de Nefrologia.

Fernando Nobre, Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo FMRP/USP

Coordenador da Unidade Clínica de Hipertensão Arterial. Divisão de Cardiologia. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo FMRP/USP

Downloads

Publicado

2003-12-30

Como Citar

1.
Furtado RG, Coelho EB, Nobre F. Urgências e emergências hipertensivas. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de dezembro de 2003 [citado 27 de julho de 2021];36(2/4):338-44. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/731

Edição

Seção

Nefrológicas
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)