Urgências e emergências hipertensivas

Autores

  • Rogério Gomes Furtado
  • Eduardo Barbosa Coelho
  • Fernando Nobre Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo FMRP/USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v36i2/4p338-344

Palavras-chave:

Emergências. Hipertensão. Crise Hipertensiva.

Resumo

Introdução - A Urgência e a Emergência Hipertensiva são ocorrências clínicas, que podem representar mais de 25% dos atendimentos de urgência médica, devendo o médico deve estar apto a diferenciá-las, visto que o prognóstico e o tratamento são distintos. Métodos - Foram pesquisados, no site www.ncbi.nlm.nih.gov/PUBMED os artigos referentes ao termo “Crise Hipertensiva” tendo sido selecionadas dezenove publicações, que foram analisadas nesta revisão. Resultados - A Emergência Hipertensiva resulta de elevação abrupta da pressão arterial, com sintomas que sugerem lesões de órgãos-alvo, necessitando de internação hospitalar,em ambiente de terapia intensiva e tratamento com Nitroprussiato de Sódio e/ou Urapidil. Na Urgência Hipertensiva,ocorre aumento da pressão arterial, sem sinais e sintomas de lesão de órgãosalvo, podendo ser ambulatorial o tratamento, com medicamentos por administração oral. Discussões sobre diagnóstico, fisiopatologia e, sobretudo, tratamento apropriado são apresentados. Conclusões - Urgência Hipertensiva é caracterizada por elevação da pressão sem sintomas e/ou lesões em órgãos-alvo, necessitando de redução da pressão arterial em até 24 h. A Emergência Hipertensiva configura-se como elevação significativa da pressão, com sintomas e risco de vida, necessitando de tratamento e redução imediata da pressão.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Rogério Gomes Furtado

     

    Médico Residente R4. Divisão de Cardiologia. 

     

  • Eduardo Barbosa Coelho

    Docente. Disciplina de Nefrologia.

  • Fernando Nobre, Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo FMRP/USP

    Coordenador da Unidade Clínica de Hipertensão Arterial. Divisão de Cardiologia. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo FMRP/USP

Downloads

Publicado

2003-12-30

Edição

Seção

Nefrológicas

Como Citar

1.
Furtado RG, Coelho EB, Nobre F. Urgências e emergências hipertensivas. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de dezembro de 2003 [citado 24º de julho de 2024];36(2/4):338-44. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/731