Tratamento farmacológico da hipertensão arterial essencial

Autores

  • Wille Oigman Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v29i2/3p244-249

Palavras-chave:

Anti-hipertensivos, Hipertensão, Farmacologia

Resumo

O artigo avalia de maneira objetiva as 7 principais famílias de anti-hipertensivos, em uso corrente na prática médica. Procura-se enfatizar, fundamentalmente, suas vantagens e desvantagens. O autor procura posicionar cada família de anti-hipertensivos, fortalecendo a individualização do tratamento, além de acentuar as indicações específicas quando da presença de outras doenças ou de outros fatores de riscos para doença cardiovascular. Procura-se, também, chamar a atenção para as repercussões hemodinâmica e metabólicas que cada anti-hipertensivo poderá determinar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1996-09-30

Como Citar

1.
Oigman W. Tratamento farmacológico da hipertensão arterial essencial. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de setembro de 1996 [citado 27 de fevereiro de 2024];29(2/3):244-9. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/745

Edição

Seção

Simpósio: Hipertensão Arterial
Bookmark and Share