Sensibilidade bacteriana a antimicrobianos usados na prática médica - Ribeirão Preto (SP) - 1994

Autores

  • Roberto Martinez Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
  • Rosa Helena A. Romanello Gironi Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais
  • Vanda R. dos Santos Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v29i2/3p278-284

Palavras-chave:

Antibióticos, Testes de Sensibilidade Microbiana, Resistência Microbiana a Drogas

Resumo

Apresenta-se a situação da susceptibilidade bacteriana a antimicrobianos, em amostras isoladas em 1994, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. A resistência do Staphylococcus aureus à oxacilina foi verificada em 17% das amostras de infecções da comunidade, e em 51% dos casos hospitalares. Os valores correspondentes para o Staphylococcus epidermidis foram, respectivamente, 19% e 39%. A resistência in vitro à penicilina foi observada em 7% das amostras de pneumococo, e em 20% das amostras de enterococo. Com exceção de poucas amostras, todos os cocos Gram-positivos eram sensíveis à vancomicina e teicoplanina. Com relação aos bacilos Gram-negativos, a sensibilidade in vitro das enterobactérias foi baixa para a ampicilina, carbenicilina e cotrimoxazole (26% a 53%), intermediária para cefalotina, cloranfenicol e cefoxitina (64% a 82%) e alta para as cefalosporinas de terceira geração, amicacina, fluoroquinolonas, aztreonam e imipenem (93% a 99%). Acima de 90% das amostras de Pseudomonas aeruginosa foram sensíveis à cefatazidina, aztreonam e imipenem. O Acinetobacter calcoaceticus, causa freqüente de infecção hospitalar, mostrou alta sensibilidade (98%) ao imipenem, porém resistência acentuada a outros antiinfeciosos. Conclui-se comentando sobre a escolha de antimicrobianos para o tratamento de infecções comunitárias e hospitalares.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Roberto Martinez, Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

     

     

     

  • Rosa Helena A. Romanello Gironi, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais

     

     

  • Vanda R. dos Santos, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais

     

     

Downloads

Publicado

1996-09-30

Edição

Seção

Artigo Original

Como Citar

1.
Martinez R, Gironi RHAR, Santos VR dos. Sensibilidade bacteriana a antimicrobianos usados na prática médica - Ribeirão Preto (SP) - 1994. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30º de setembro de 1996 [citado 25º de maio de 2024];29(2/3):278-84. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/756