Síndrome da angústia respiratória aguda (sara)

Autores

  • Paulo Antoniazzi Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.
  • Gerson Alves Pereira Júnior Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.
  • Flávio Marson Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.
  • Mario Abeid Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.
  • Sérgio Baldisserotto Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.
  • Anibal Basile-Filho Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v31i4p493-506

Palavras-chave:

Insuficiência Respiratória. Anoxemia. Síndrome do Desconforto Respiratório em Adultos.

Resumo

A síndrome da angústia respiratória aguda (SARA) é descrita como um quadro de lesão pulmonar aguda, associada a um edema pulmonar, agudo, não hidrostático e hipoxemia severa, acompanhado de altas taxas de mortalidade, entre 10 e 90% (média = 50%), dependendo do fator etiológico. Apesar de a SARA ter sido descrita há mais de trinta (30) anos, várias dúvidas ainda persistem quanto à sua definição, fisiopatologia e tratamento, em decorrência da complexidade e diversidade dos fatores envolvidos. O objetivo desse artigo de revisão é descrever a SARA nos seus aspectos clínicos, radiológicos e fisiopatológicos, abordando os fatores de risco, estratégias terapêuticas e as técnicas de assistência ventilatória, empregadas no seu tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Antoniazzi, Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Médico Intensivista da UTI da Unidade de Emergência do Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Gerson Alves Pereira Júnior, Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Médico Intensivista da UTI da Unidade de Emergência do Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Flávio Marson, Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Médico Intensivista da UTI da Unidade de Emergência do Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Mario Abeid, Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Médico Intensivista da UTI da Unidade de Emergência do Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Sérgio Baldisserotto, Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Médico Residente da Disciplina de Terapia Intensiva Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Anibal Basile-Filho, Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Docente e Chefe da Disciplina de Terapia Intensiva. Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

1998-12-30

Como Citar

1.
Antoniazzi P, Pereira Júnior GA, Marson F, Abeid M, Baldisserotto S, Basile-Filho A. Síndrome da angústia respiratória aguda (sara). Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de dezembro de 1998 [citado 28 de julho de 2021];31(4):493-506. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/7712

Edição

Seção

Simpósio: Medicina Intensiva: II. Tópicos Selecionados
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>