Estado nutricional e força de preensão manual em idosos residentes em comunidade com baixo índice de desenvolvimento humano

Autores

  • Bruno M. Queiroz Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Raildo S. Coqueiro Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Ludmila Schettino Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Rafael Pereira Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Marcos H. Fernandes Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Aline R. Barbosa Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v47i1p36-42

Palavras-chave:

Antropometria, Estado Nutricional, Força da Mão, Índice de Massa Corporal, Saúde do Idoso.

Resumo

Modelo do estudo: Estudo epidemiológico transversal, populacional de base domiciliar. Objetivo: Verificar a relação entre indicadores antropométricos de estado nutricional e força muscular em idosos residentes em comunidade com baixo índice de desenvolvimento humano. Metodologia: Idosos (N =316) de uma cidade do Nordeste do Brasil foram submetidos a entrevista e avaliação física. A variável dependente analisada foi a força de preensão manual. As variáveis independentes foram o índice de massa corporal e a área muscular do braço. As variáveis de controle foram a idade, tabagismo, atividade física, hospitalização e hiperglicemia. Foram usados modelos de regressão linear simples e múltipla para as análises estatísticas. Resultados: Após controle pelas variáveis de ajuste, houve correlação positiva significante da força de preensão manual com o índice de massa corporal (βajustado = 0,439; p = 0,010; r2 ajustado = 0,062) e a área muscular do braço (βajustado = 0,046; p = 0,003; r2 ajustado = 0,087) para o sexo masculino, mas não para o sexo feminino. Conclusões: Indicadores antropométricos de estado nutricional foram relacionados a força de preensão manual em homens idosos, mas não em mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno M. Queiroz, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Graduate in Physical Education. Núcleo de Estudos em Epidemiologia do Envelhecimento (NEPE), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Raildo S. Coqueiro, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Master in Physical Education. Professor Assistente in the Departamento de Saúde, NEPE, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Ludmila Schettino, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Specialist in Exercise Physiology. NEPE, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Rafael Pereira, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

PhD in Biomedical Engineering. Professor Assistente in the Departamento de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Marcos H. Fernandes, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

PhD in Health Sciences. Professor Adjunto in the Departamento de Saúde, NEPE, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Aline R. Barbosa, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

PhD in Applied Human Nutrition. Professor Adjunto in the Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, Brazil and NEPE, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Downloads

Publicado

2014-03-30

Como Citar

1.
Queiroz BM, Coqueiro RS, Schettino L, Pereira R, Fernandes MH, Barbosa AR. Estado nutricional e força de preensão manual em idosos residentes em comunidade com baixo índice de desenvolvimento humano. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de março de 2014 [citado 28 de fevereiro de 2024];47(1):36-42. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/80096

Edição

Seção

Artigo Original
Bookmark and Share