Morfologia do sistema visual

Autores

  • Harley Edison Amaral Bicas Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v30i1p7-15

Palavras-chave:

Estruturas Oculares, Vias Visuais, Visão

Resumo

Descreve-se a morfologia das diversas estruturas determinantes da percepção visual, de acordo às respectivas funções desempenhadas: as do órgão de recepção do sinal luminoso, compreendendo o sistema óptico (córnea, câmara anterior, cristalino, corpo vítreo), seus suplementos (íris e corpo ciliar) e o sistema de nutrição e proteção (coróide e esclera). Em seguida, são examinadas a da transdução sensorial, isto é, a de transformação da luz em sinal neural (retina) e as de transmissão dele (nervo óptico, quiasma, tratos ópticos, corpos geniculados laterais e radiações ópticas). E, por fim, as de decodificação dos sinais da sensação visual a uma percepção (córtex visual) e as de conexão desse conhecimento adquirido com outros (áreas de associação) para a compreensão de todos. Dessa forma sistematizada e abrangente, caracteriza-se a importância relativa de cada estrutura, no processo de integração visual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1997-03-30

Como Citar

1.
Bicas HEA. Morfologia do sistema visual. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de março de 1997 [citado 18 de outubro de 2021];30(1):7-15. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/806

Edição

Seção

Simpósio: Oftalmologia para o clínico
Bookmark and Share

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)