O papel dos fatores genéticos na otite média

Autores

  • Luiz Lavinsky Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Andréa M. Campagnolo Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Ana Paula G. Raupp Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Ângela B. John Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Cláudia Helena G. Estrella Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Cristina C. Comiran Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Thêmis M. Félix Médica do Serviço de Genética do Hospital das Clínicas de Porto Alegre.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v32i1p57-64

Palavras-chave:

Otite Média. Marcadores Genéticos. Sexo. Raças. Genética. Anormalidades.Imunologia.

Resumo

É sabido que a otite média aguda pode ser causada por fatores ambientais, como freqüentar creches, fumo passivo, curto período de amamentação e baixas condições sócio-econômicas. A revisão das pesquisas recentes, contudo, sugere que fatores genéticos também contribuem de forma significativa para a ocorrência da otite média aguda, recorrente e da otite média crônica, com efusão. Embora não existam estudos genéticos específicos, há consistentes evidências em favor da transmissão genética de uma suscetibilidade para otite média. A história familiar, características raciais, a freqüência de antígenos HLA e de marcadores genéticos, entre outros fatores, são algumas das evidências que serão apresentadas nesta revisão de literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Lavinsky, Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Docente Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Andréa M. Campagnolo, Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Ana Paula G. Raupp, Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Ângela B. John, Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Cláudia Helena G. Estrella, Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Cristina C. Comiran, Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Thêmis M. Félix, Médica do Serviço de Genética do Hospital das Clínicas de Porto Alegre.

Médica do Serviço de Genética do Hospital das Clínicas de Porto Alegre.

Downloads

Publicado

1999-03-30

Como Citar

1.
Lavinsky L, Campagnolo AM, Raupp APG, John Ângela B, Estrella CHG, Comiran CC, Félix TM. O papel dos fatores genéticos na otite média. Medicina (Ribeirão Preto) [Internet]. 30 de março de 1999 [citado 30 de janeiro de 2023];32(1):57-64. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/8230

Edição

Seção

Artigo de Revisão
Bookmark and Share