e-Marketing das Estâncias Hidrominerais do Estado de São Paulo, Brasil

Autores

  • Cynthia Harumy Watanabe Corrêa Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v25i2p476-496

Palavras-chave:

eTourism, eMarketing, Gestão de destinos, Estâncias hidrominerais, Brasil.

Resumo

A rede internet tem beneficiado a indústria turística por meio da prática do comércio eletrônico e da criação de websites para a promoção de destinos turísticos em nível global, reforçando a ideia já consagrada de e-Tourism. Nesse contexto, o objetivo geral do estudo é analisar a presença na Web das estâncias hidrominerais do Estado de São Paulo, Brasil. No que se refere aos métodos e técnicas, a pesquisa baseia-se em revisão de literatura e na análise das páginas Web das estâncias hidrominerais, a partir de cinco aspectos principais: tipologia de página Web, conteúdo informativo, interatividade, comercialização e idiomas. Entre os resultados, destaca-se que não existe uma ação voltada para o e-Marketing dos destinos turísticos, a maioria das páginas das cidades vincula-se a websites de autoridades locais; o conteúdo informativo é variado visando a atender públicos diferenciados; os canais de comunicação interativos são pouco utilizados; não há investimento em comércio eletrônico; e é nula a divulgação em outros idiomas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cynthia Harumy Watanabe Corrêa, Universidade de São Paulo

Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal do Pará. Mestre em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutora em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Professora da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, Brasil. E-mail: cynthiacorrea@usp.br

Publicado

2014-08-31

Como Citar

Corrêa, C. H. W. (2014). e-Marketing das Estâncias Hidrominerais do Estado de São Paulo, Brasil. Revista Turismo Em Análise, 25(2), 476-496. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v25i2p476-496

Edição

Seção

Artigos e Ensaios