POR UMA ESTÉTICA EM LÍNGUA DE BRINCAR: BREVES REFLEXÕES ACERCA DA LITERATURA DE MANOEL DE BARROS E DE MIA COUTO

Autores

  • Maria Auxiliadora Fontana Baseio UniRadial Faculdade Impacta Tecnologia (FIT)

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i14.50382

Palavras-chave:

Mia Couto, Manoel de Barros, literatura, metalinguagem

Resumo

NOSSO PROPÓSITO NESTE ARTIGO É FAZER REFLEXÕES SOBRE O PROJETO ESTÉTICO DE MANOEL DE BARROS E DE MIA COUTO. AMBOS OS AUTORES, TENDO A LÍNGUA PORTUGUESA COMO INSTRUMENTO, REVELAM UMA CONSCIÊNCIA DE LINGUAGEM ENGENDRADA PELO LÚDICO E PELO MÁGICO, CAPAZ NÃO SÓ DE ENCANTAR O LEITOR, MAS TAMBÉM DE ABRIR CAMINHOS PARA A CONSTRUÇÃO DE UM NOVO PARADIGMA.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2008-12-22

Edição

Seção

Dossiê 14: Literatura e Literariedade no universo da criança e do adolescente

Como Citar

BASEIO, Maria Auxiliadora Fontana. POR UMA ESTÉTICA EM LÍNGUA DE BRINCAR: BREVES REFLEXÕES ACERCA DA LITERATURA DE MANOEL DE BARROS E DE MIA COUTO. Via Atlântica, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 81–100, 2008. DOI: 10.11606/va.v0i14.50382. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/viaatlantica/article/view/50382.. Acesso em: 13 abr. 2024.