SUJEITO E INTERDISCURSO NO UNIVERSO DIALÓGICO DA FÁBULA

Autores

  • Maria Valíria Aderson de Mello Vargas Universidade de São Paulo Universidade Cruzeiro do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i14.50400

Palavras-chave:

fábula, práticas discursivaivas, sujeito, interdiscurso, intertextualidadalidade

Resumo

O PRESENTE ESTUDO DESTINA-SE À DISCUSSÃO DOS MODOS COMO SE INSTITUEM OS SUJEITOS QUE “DIALOGAM” NOS TEXTOS DE DIFERENTES VERSÕES DADA FÁBULA “A GARÇA E O CARANGUEJO”, NARRADAADA NA ÍNDIA ANTIGA, RECRIADAIADA NA FRANÇA POR LA FONTAINNTAINE E RETOMADAADA, EM NOSSO MEIO, POR MONTEIRO LOBATBATO. NESSA DISCUSSÃO, BUSCA-SE IDENTIFICAR AS RAZÕES QUE CONTRIBUEM PAPARA A PERMANÊNCIA DADA PRÁTICA INTERDISCURSIVAIVA DADA FÁBULA, ACACENTUADAADAMENTE MARCADACADA PELO EMBATBATE ENTRE FORMAÇÕES DISCURSIVAIVAS DIVERSAS.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2008-12-22

Edição

Seção

Dossiê 14: Testamentos e interdiscursos

Como Citar

VARGAS, Maria Valíria Aderson de Mello. SUJEITO E INTERDISCURSO NO UNIVERSO DIALÓGICO DA FÁBULA. Via Atlântica, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 143–155, 2008. DOI: 10.11606/va.v0i14.50400. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/viaatlantica/article/view/50400.. Acesso em: 18 maio. 2024.