UNGULANI BA KA KHOSA: LITERATURA E EFICÁCIA

Autores

  • Robson Dutra Unigranrio-RJ

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i16.50463

Palavras-chave:

Ungulani Ba Ka Khosa, literatura moçambicana, multiperspectivismo, sociedade, arte

Resumo

RESULTADO DE UMA HETEROGENEIDADE QUE CONTA COM A EFETIVA CONTRIBUIÇÃO DE ÁRABES, INDIANOS, PORTUGUESES, ALÉM DE DIVERSAS ETNIAS AFRICANAS, A SOCIEDADE MOÇAMBICANA TEM SIDO REFLETIDA PELA LITERATURA POR DIVERSAS ESTRATÉGIAS QUE TENTAM DAR CONTA DOS DESVÃOS DE SUA HISTÓRIA. ESTE TEXTO TEM COMO BASE O DISCURSO LITERÁRIO DE UNGULANI BA KA KHOSA, QUE ABRE MARGENS AO MULTIPERSPECTIVISMO QUE AMPLIA OS LIMITES ENTRE SOCIEDADE E ARTE, QUESTIONANDO O CONCEITO DE VERDADE, DO PRESENTE E DO PASSADO PARA FAZER DA INTERROGAÇÃO DO OUTRORA UMA NOVA CATEGORIA EPISTEMOLÓGICA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-24

Como Citar

Dutra, R. (2009). UNGULANI BA KA KHOSA: LITERATURA E EFICÁCIA. Via Atlântica, (16), 79-92. https://doi.org/10.11606/va.v0i16.50463

Edição

Seção

Dossiê 16: Moçambique – história, literatura e relações culturais