BIBLIOTECA PÚBLICA DE NOVA GOA: ALGUNS ASPECTOS DA SUA AGENDA INTELECTUAL

Autores

  • Sandra Ataíde Lobo Centro de História da Cultura - Universidade Nova de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i19.50770

Palavras-chave:

bibliotecas públicas, politicas para o livro e leitura, elite intelectual goesa, orientalismo em Goa, identidade católica goesa, história cultural de Goa (séc. 19-20)

Resumo

A BIBLIOTECA CENTRAL DE PANGIM TEM UMA LONGA HISTÓRIA, SENDO CONSIDERADA A PRIMEIRA BIBLIOTECA PÚBLICA DA ÍNDIA. NESTE ARTIGO ABORDO ALGUNS ASPECTOS DA SUA AGENDA INTELECTUAL NA VIRAGEM DO SÉCULO IX PARA O SÉCULO XX, QUE REVELAM COMO AS POLÍTICAS PÚBLICAS SOBRE A LEITURA SE LIGAM À CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA, E COMO NO CONTEXTO COLONIAL PODEM SER USADAS PELOS AGENTES NATIVOS PARA PROMOVER UMA CONSCIÊNCIA IDENTITÁRIA LOCAL.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-30

Como Citar

Lobo, S. A. (2011). BIBLIOTECA PÚBLICA DE NOVA GOA: ALGUNS ASPECTOS DA SUA AGENDA INTELECTUAL. Via Atlântica, 12(1), 103-120. https://doi.org/10.11606/va.v0i19.50770

Edição

Seção

Dossiê 19: Goa – literatura e cultura