Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Filologia e Linguística Portuguesa?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

Cada número da revista conterá, no mínimo, 7 (sete)  e, no máximo, 10 (dez) artigos. Pesquisadores doutores são os autores preferenciais da revista. Trabalhos produzidos por pesquisadores de outros níveis de formação serão aceitos sempre que em coautoria com um pesquisador doutor ou, excepcionalmente, em publicação de autoria única. Neste último caso, desde que não ultrapassem a proporção de 7 por 1 na relação com o total de trabalhos aceitos por número.

Como política indicativa, a Revista divulga trabalhos de pesquisadores estrangeiros, dedicando, para essa finalidade, 40% do total de artigos publicados em cada número.

I. Diretrizes gerais para as submissões

      1. Os textos submetidos à Revista terão, no máximo, 20 (vinte) páginas e obedecerão às normas de formatação expostas em (II) e (III) a seguir;
      2. Devem ser enviados dois originais em formato Word: um, sem identificação; outro, com identificação (nome, filiação acadêmica e email).
      3. O original sem identificação deve ser inserido na seção "Transferência do manuscrito",
        e o original com identificação deve ser inserido na seção "Transferência de documentos complementares";
      4. Sempre que tiverem os trabalhos aprovados com modificações, os autores devem ater-se às recomendações do(s) avaliadore(s), sendo vedadas alterações substanciais não previstas nas recomendações recebidas;
      5. O tempo padrão para a conclusão das alterações recomendadas é de 07 (sete) dias.

II. Normas de formatação para as submissões

1. A folha de rosto do trabalho deve apresentar a seguinte sequência de elementos:

   1.1 No arquivo com identificação:

      • Título do artigo
      • Título do artigo em inglês
      • Nome(s) do(s) autor(es)
      • Nota sobre o(s) autor(es) (Nota no rodapé, referida por asterisco (*) após do(s) nome(s) do(s) autor(es))
      • Filiação acadêmica
      • Resumo (mínimo de 100 palavras, máximo de 200 palavras)
      • Palavras-chave (no máximo 5)
      • Abstract (mínimo de 100 palavras, máximo de 200 palavras)
      • Keywords

   1.2 No arquivo sem identificação:

      • Título do artigo
      • Título do artigo em inglês
      • Resumo (mínimo de 100 palavras, máximo de 200 palavras)
      • Palavras-chave (no máximo 5)
      • Abstract (mínimo de 100 palavras, máximo de 200 palavras)
      • Keywords (no máximo 5)

2. Os artigos devem apresentar a formatação que se detalha no quadro abaixo.

Quadro 1 – Normas de formatação

Página:

Tamanho de página: Folha padrão A4 (21cm x 29,7cm);

Margens: superior, esquerda e direita: 3,5 cm; inferior: 2,5 cm; medianiz 0 cm.

Fonte:

Fonte: Garamond, para todos os elementos de texto; com tamanho e outros formatos específicos para cada elemento conforme segue.

Título do artigo (1)

Tamanho da fonte: 17;

Estilos especiais de fonte: nenhum (sem negrito, sem itálico, sem sublinhado);

Alinhamento do parágrafo: centralizado;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples.

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples do Título do artigo 2.

Obs.: O Título 1 será na mesma língua do texto: português, inglês, espanhol ou francês. O primeiro termo do título em letra maiúscula, e os demais em minúscula, a não ser os nomes próprios e demais restrições gramaticais.

Título do artigo (2):

Tamanho da fonte: 17;

Estilos especiais de fonte: itálico;

Alinhamento do parágrafo: centralizado;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples do Título do artigo 1.

Obs.: O Título do artigo 2 será em inglês se o texto for em português. Se o texto for em inglês, o Título do artigo 1 será em inglês e o Título do artigo 2 será em português. Se o texto for em espanhol ou francês, o Título do artigo 1 será na língua do texto e o Título do artigo 2 será em inglês. O primeiro termo do título em letra maiúscula, e os demais em minúscula, a não ser os nomes próprios e demais restrições gramaticais.

Nome(s) do(s) autor(es):

Tamanho da fonte: 12;

Estilos especiais de fonte: nenhum (sem negrito, sem itálico, sem sublinhado);

Alinhamento do parágrafo: centralizado;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço duplo entre o Título 2 e o nome do primeiro autor.

Filiação acadêmica:

Tamanho da fonte: 12;

Estilos especiais de fonte:  itálico no nome da instituição;

Alinhamento do parágrafo: centralizado;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: sem intervalo a mais entre a Filiação acadêmica e o nome do autor (quebra de linha normal);

Posição: abaixo do nome do autor.

Obs.: Incluir o nome da instituição (universidade etc.) em itálico; cidade, estado (sigla) e país, sem itálico. Separação por vírgulas.

Nota(s) de rodapé sobre o(s) autor(es):

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum (sem negrito, sem itálico, sem sublinhado);

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples entre cada nota;

Posição: nota identificada por asterisco simples (*) sobreposto após o nome do primeiro autor, por asterisco duplo (**) sobreposto após o nome do segundo autor e assim por diante.

Obs.: Incluir na nota, para cada autor: Cargo, Unidade (departamento etc.), instituição (universidade etc.), cidade, estado (sigla), país e endereço eletrônico. Separação por vírgulas.

Resumo:

Tamanho da fonte: 9;

Estilos especiais de fonte: a palavra Resumo em negrito, seguida de dois pontos; o restante do texto sem negrito;

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 2 cm; recuo à direita: 2 cm;

Espaçamento entre linhas: 1,15;

Espaçamento do bloco: separação por espaço duplo entre o resumo e a filiação acadêmica do último autor.

Obs.: O Resumo deverá ter no mínimo 100 palavras, e no máximo 200 palavras.

Palavras-chave:

Tamanho da fonte: 9;

Estilos especiais de fonte: o termo Palavras-chave em negrito, seguido de dois pontos; o restante do texto sem negrito;

Alinhamento do parágrafo: à esquerda;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 2 cm; recuo à direita: 2 cm;

Espaçamento entre linhas: 1,15;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples abaixo do resumo e acima do abstract.

Obs.: Máximo de cinco palavras-chave, iniciadas por letra maiúscula e seguidas, cada uma, de ponto final. Em palavras chave compostas, apenas o primeiro termo em maiúscula (salvo nomes próprios ou outras restrições gramaticais); ao indicar séculos, usar algarismos romanos. Exemplo: Filologia. Crítica textual. Português medieval. Século XIV. Diálogos de São Gregório.

Abstract:

Tamanho da fonte: 9;

Estilos especiais de fonte: a palavra Abstract em negrito, seguida de dois pontos; o restante do texto sem negrito;

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 2 cm; recuo à direita: 2 cm;

Espaçamento entre linhas: 1,15;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples abaixo das palavras-chave e acima das keywords.

Obs.: O Abstract deverá ter no mínimo 100 palavras, e no máximo 200 palavras.

Keywords:

Tamanho da fonte: 9;

Estilos especiais de fonte: a palavra Keywords em negrito, seguida de dois pontos; o restante do texto sem negrito;

Alinhamento do parágrafo: à esquerda;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 2 cm; recuo à direita: 2 cm;

Espaçamento entre linhas: 1,15;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples abaixo do abstract e por espaço duplo acima do título da primeira seção do texto.

Obs.: Seguir as mesmas regras indicadas acima para Palavras-chave.

Títulos de seção:

Tamanho da fonte: 12;

Estilos especiais de fonte: versalete e negrito (exemplo: 1 Título);

Alinhamento do parágrafo: à esquerda;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço duplo abaixo do fim da seção anterior e por espaço simples acima do início do texto da seção;

Numeração: iniciam por numeral sem ponto (1, 2 etc.); A numeração começa em 1, na Introdução ou Considerações iniciais, e segue até as Conclusões ou Considerações finais.

Subtítulos:

Tamanho da fonte: 12;

Estilos especiais de fonte: negrito (exemplo: 1.1 Subtítulo);

Alinhamento do parágrafo: à esquerda;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples abaixo do fim da seção ou subseção anterior, ou abaixo do título de seção; separação por espaço simples acima do início do texto da subseção;

Numeração: iniciam por numeral seguido de ponto e número da subseção (1.1, 1.2 etc.; e 1.1.1, 1.1.2 etc.).

Corpo do texto:

Tamanho da fonte: 12;

Estilos especiais de fonte: nenhum; para estilos em ênfases, ver abaixo;

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: nenhum; tabulação da primeira linha de cada parágrafo: 1,25 cm;

Espaçamento entre linhas: simples.

Citação direta com mais de três linhas:

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum; para estilos em ênfases, ver abaixo;

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 4 cm; sem recuo à direita;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples no início e no fim do bloco.

Obs.: A citação vem sem aspas. Ponto final no fim da citação; referências; ponto final após comentários subsequentes à referência (grifo do autor etc.). Citações diretas com menos de três linhas vêm no corpo do texto, entre aspas duplas “...”, com as aspas fechadas após a pontuação final da citação. As referências devem vir no corpo do texto, em seguida à citação. Em todas as citações diretas, é obrigatória a indicação de páginas.

Exemplos e listas de itens:

Tamanho da fonte: 11;

Estilos especiais de fonte: nenhum; para estilos em ênfases, ver abaixo;

Alinhamento do parágrafo: à esquerda;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 2 cm; sem recuo à direita;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples no início e no fim do bloco;

Numeração: os exemplos ou itens da lista devem ser indicados com numerais ou letras, seguidos de ponto ou de parênteses: 1., 1.1, 1.2, 2. etc.; ou 1) 2) etc.; ou (1), (2) etc.; ou a) b) etc.

Transcrição de fontes primárias (orais ou escritas):

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum; para estilos em ênfases, ver abaixo;

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 2 cm; sem recuo à direita;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples no início e no fim do bloco.

Obs.: Sem aspas. Se necessário, usar fonte Times New Roman (para transcrições que contenham caracteres especiais) ou Courrier New (para transcrições de fontes orais ou códigos que necessitem de monoespaçamento da fonte para tabluações)

Legenda de tabelas e quadros:

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum (sem negrito, sem itálico, sem sublinhado);

Alinhamento do parágrafo:  à esquerda;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 1 cm;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples entre a legenda e a tabela; separação por espaço simples do parágrafo anterior e do parágrafo seguinte à tabela;

Posição: acima da tabela;

Numeração: iniciar a legenda com “Tabela 1 -” etc.

Legenda de figuras:

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum (sem negrito, sem itálico, sem sublinhado);

Alinhamento do parágrafo: centralizado;

Recuos do parágrafo: recuo à esquerda: 1 cm;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples entre a legenda e a figura; separação por espaço simples entre a legenda e o parágrafo seguinte;

Posição: abaixo da figura;

Numeração: iniciar a legenda com “Figura 1 -” etc.

Notas de rodapé:

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum; para estilos em ênfases, ver abaixo;

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples entre cada nota.

Obs.: Em fim de frase ou período, o número de referência à nota deve vir sobrescrito antes de pontuação, no corpo do texto, como no exemplo: “... o desenvolvimento histórico da língua1.” Todas as notas de rodapé, exceto as referentes aos autores, devem ser identificadas por numerais.

Título das referências bibliográficas:

Tamanho da fonte: 12;

Estilos especiais de fonte: versalete (exemplo: Referências);

Alinhamento do parágrafo: à esquerda;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço duplo do texto; separação por espaço simples da primeira referência.

Obs.: O título é apenas a palavra: Referências.

Referências bibliográficas:

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum (sem negrito, sem itálico, sem sublinhado);

Alinhamento do parágrafo: à esquerda;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples.

Obs.: As referências seguem as normas Vancouver (ver detalhamento abaixo). Todas as edições consultadas devem constar nas referências.

Anexos:

Tamanho da fonte: 10;

Estilos especiais de fonte: nenhum (sem itálico); para estilos em ênfases, ver abaixo;

Alinhamento do parágrafo: justificado;

Recuos do parágrafo: nenhum;

Espaçamento entre linhas: simples;

Espaçamento do bloco: separação por espaço simples do último item das Referências bibliográficas;

Posição: Depois das referências bibliográficas.

Estilos de fonte para ênfases e outros destaques
no corpo do texto, em notas de rodapé e em exemplos
:

– Ênfase de palavras ou grupos de palavras: em itálico; ex.: ...o que, como vimos, nunca se dá.

– Palavras e expressões estrangeiras: em itálico; ex.: ...denominado aqui de trimezzo

– Títulos de obras mencionados em meio ao texto corrido: em itálico; ex.: O autor de Minerva...

– Acepções e traduções de termos: entre aspas simples, ‘...’; ex.: ....no sentido de ‘água rasa, espraiada’

– Remissões a palavras ou trechos de exemplos: entre aspas simples, ‘...’; ex.: ...como ‘ele’, no exemplo (2).

Obs.:

  • O itálico não se aplica a palavras e expressões estrangeiras comuns (como ad hoc, a priori, a posteriori, apud, corpus, lato sensu, locus, per capita, status, stricto sensu, vis-à-vis; copyright, hyperlink, input, pidgin, standard - cf. lista completa no Manual de Redação e Estilo do Senado Federal); nesses casos, usar redondo.
  • Nas ênfases de palavras ou de grupos de palavras em citações, indicar se a ênfase é do autor do artigo ou do autor do texto citado, após o conjunto de indicação da referência bibliográfica; se a ênfase é do autor do artigo, indicar (grifo nosso); se a ênfase é do autor do texto citado, indicar (grifo do(s) autor(es)).
  • Nas ênfases de palavras ou de grupos de palavras em exemplos, se, em um mesmo exemplo, for necessário distinguir um segundo aspecto, diferente do que já foi enfatizado, escolher o negrito como segundo recurso. Se, ainda em um mesmo exemplo, for necessário distinguir um terceiro aspecto, diferente dos dois já indicados, escolher o sublinhado como terceiro recurso.

 Resumo e palavras-chave em espanhol ou em francês:

Se o texto for escrito em espanhol ou em francês, o resumo e as palavras-chave deverão ser na língua do texto. Serão identificados respectivamente como: Resúmen / Abstrait e Palabras clave / Mots clés. Em seguida, virão o abstract e as keywords.

 Normas ortográficas para artigos em português europeu:

Os artigos escritos em português europeu seguirão as normas ortográficas adotadas oficialmente em Portugal, inclusive nas paricularidades que apresenta em relação às normas ortográficas seguidas no Brasil.

 Normas de transcrição:

Devem constar obrigatoriamente no texto as normas de transcrição de fontes primárias, orais ou escritas, que forem reproduzidas. As normas devem ser apresentadas em nota de rodapé à transcrição, numeradas sequencialmente (1., 1.1, 2., 2.2 etc.) e alinhadas em contínuo; iniciadas por maiúscula e separadas uma da outra por ponto e vírgula.

 Resolução de figuras:

As figuras incluídas no artigo devem ter uma resolução mínima de 200 dpi.


[N.B.] Nas normas acima, “separação por espaço simples” entre diferentes elementos do texto indica que deve haver o intervalo de um espaço simples entre uma parte e outra do texto, e “separação por espaço duplo” entre diferentes elementos do texto indica que deve haver o intervalo de um espaço duplo entre uma parte e outra do texto.

 

3. Os arquivos devem ser apresentados sem formatações especiais tais como: cabeçalho, numeração de páginas, divisão silábica hifenizada e diagramação em colunas.

 

III. Normas para as referências bibliográficas

As referências biblográficas devem vir como último item do artigo, no sistema Vancouver, como ilustrado nos exemplos a seguir.

1. Instruções gerais

Quanto à citação das referências no corpo do texto:

      • Em citações diretas: não utilizar maiúsculas blocadas, colocar a data e página, e colocar a referência inteira entre parêntesis; ex.: “o caipirismo não existia apenas na linguagem, mas em todas as manifestações da vida provinciana” (Amaral, 1955, p. 41). Note-se que nas citações diretas, é obrigatória a indicação de páginas. Note-se ainda que citações diretas com mais de três linhas devem vir separadas em bloco próprio (cf. quadro acima).
      • Em citações indiretas, como parte do fluxo do texto: não utilizar maiúsculas blocadas, e colocar a data e página entre parêntesis; ex.: Segundo Amaral (1955), o caipirismo não existia apenas na linguagem.
      • Em citações de citações, reproduzidas em segunda mão (apud): colocar as informações bibliográficas do texto não consultado somente em nota de rodapé, e apenas as do texto consultado na lista final; ex.: Para Delbrück (19881, apud Said Ali, 1950)... (e na nota: 1 Delbrück B. Syntaktische Forschungen. Halle: Buchhandlung des Waisenhauses; 1871-1888).

Quanto à formatação das referências no final do artigo:

      • Fonte Garamond, 10; parágrafo alinhado à esquerda, sem recuo, espaço simples.
      • Não colocar os nomes dos autores em maiúsculas blocadas
      • Não utilizar formatação especial como negrito ou itálico, nem aspas simples ou duplas, para títulos ou quaisquer outros elementos das referências
      • Capitalização dos títulos: apenas a primeira letra do título em maiúscula (não contando casos de capitalização gramatical: nomes próprios; nomes de línguas em inglês; substantivos em alemão, etc).

Quanto à apresentação de autoria nas referências finais:

      • Os prenomes dos autores devem vir após o sobrenome, sem vírgula, e abreviados; ex.: Labov W.
      • Havendo mais de um prenome, não colocar pontos internos; ex.: Coutinho IL.
      • Nomes de autores-entidade (órgãos públicos, instituições não-governamentais, etc.) devem vir por extenso, seguidos da sigla da entidade entre parêntesis, caso exista; ex.: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
      • Para obras com até três autores, registrar o nome de todos os autores conforme as normas gerais, separados por vírgulas; ex.: Lucchesi D, Baxter A, Ribeiro I.
      • Para obras com mais de três autores, registrar penas o nome do primeiro autor, seguido de et al; ex.: Xavier MF, et al.
2. Normas e exemplos para as referências finais segundo tipo de publicação

No quadro abaixo, seguem alguns modelos para as referências finais, considerando os tipos de publicação mais comuns. Para instruções completas, incluindo casos não contemplados nos exemplos, consulte as Diretrizes para apresentação de dissertações e teses da USP, parte IV (Vancouver).

Quadro 2 – Modelos e exemplos para as referências bibliográficas

Livros no todo

Modelo:

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es), responsabilidade editorial. Título da obra: subtítulo. Trad. Nome do tradutor. Edição. Cidade: Editora; data de publicação. (Série, Vol.). [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação eletrônica.

Obs.: Elementos condicionais: responsabilidade editorial (apenas nos casos de: editor, organizador, coordenador, complilador), subtítulo (se houver), Trad (se for o caso), nome do tradutor (se for o caso), Edição (apenas se não a primeira), Série (se for o caso), Vol. (se for o caso), [citado dia, mês abreviado, ano] (quando citado de publicação eletrônica), endereço de publicação eletrônica (idem).

Exemplos:

Labov W. Sociolinguistic patterns. Philadelphia: University of Pennsylvania Press; 1972.

Coutinho IL. Gramática histórica. 7.ª ed. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico; 1976.

Chomsky N, Halle M. The sound pattern of English. New York: Harper and Row; 1968.

Teyssier P. História da língua portuguesa. Trad. Celso Cunha. 2.ªed. São Paulo: Martins Fontes; 1980.

Bellotto HL. Como fazer análise diplomática e análise tipológica de documento de arquivo. São Paulo: Arquivo do Estado e Imprensa Oficial do Estado; 2002. (Série Como Fazer, Vol. 8).

Schreibman S, Siemens R, Unsworth J, editores. A companion to digital humanities. Oxford: Blackwell; 2004. Citado [28 out. 2014]. Disponível em: http://www.digitalhumanities.org/companion.

Capítulos de livros

Modelo:

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es) do capítulo. Título do capítulo. In: Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es), responsabilidade editorial. Título da obra: subtítulo. Edição. Cidade: Editora; ano. Número do capítulo referenciado; p. página inicial do capítulo-página final do capítulo. [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação eletrônica.

Obs.: Elementos condicionais: responsabilidade editorial (apenas nos casos de: editor, organizador, coordenador, complilador), subtítulo (se houver), Trad (se for o caso), nome do tradutor (se for o caso), Edição (se não a primeira), Número do capítulo referenciado (se numerado), [citado dia, mês abreviado, ano] (quando citado de publicação eletrônica), endereço de publicação eletrônica (idem).

Exemplos:

Catani AM. O que é capitalismo. In: Spindel A. Que é socialismo e o que é comunismo. São Paulo: Círculo do Livro; 1989. p. 7-87.

Lucchesi D, Baxter A. A transmissão linguística irregular. In: Lucchesi D, Baxter A, Ribeiro I, organizadores. O português afro-brasileiro. Salvador: EDUFBA; 2009. p. 101-124.

Teses e dissertações

Modelo:

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es). Título da obra: subtítulo [tese]. Localidade: Instituição onde foi apresentado; ano. [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação online.

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es). Título da obra: subtítulo [dissertação]. Localidade: Instituição onde foi apresentado; ano. [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação online.

Obs.: Elementos condicionais: subtítulo (se houver), [citado dia, mês abreviado, ano] (quando citado de publicação eletrônica), endereço de publicação eletrônica (idem).

Exemplos:

Banza APF. A linguagem dos documentos em português da chancelaria de D. Afonso III. [dissertação]. Lisboa: Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa; 1992.

Bandeira M. Reconstrução fonológica e lexical do protocrioulo do Golfo da Guiné [tese]. São Paulo: Faculdade de Filosoia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo; 2017.

2.4 Artigos em periódicos

Modelo:

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es). Título do artigo. Título do periódico. Ano de publicação, mês abreviado;volume(número do fascículo):paginação. [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação eletretrônica.

Obs.: Elementos condicionais: [citado dia, mês abreviado, ano] (quando citado de publicação eletrônica), endereço de publicação eletrônica (idem).

Exemplos:

Abaurre MBM. Acento frasal e processos fonológicos segmentais. Letras de Hoje. 1996;31(2):41-50.

Coleti JS, Almeida GMB. Aspectos morfológicos da terminologia da nanociência e nanotecnologia. Filologia e Linguística Portuguesa. 2010;12(2):271-294. [citado 12 dez. 2017]. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/flp/article/view/59869.

Recursos digitais: homepage, base de dados, corpus, programa de computador

Modelo:

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es) ou Nome do autor entidade (Sigla). Nome da página [homepage]. Local de publicação: Instituição responsável; Data de publicação. Atualizado em: data de atualização. [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação eletrônica.

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es) ou Nome do autor entidade (Sigla). Nome do corpus ou da base de dados [internet]. Local de publicação: Instituição responsável; Data de publicação. Atualizado em: data de atualização. [CD-ROM]. [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação eletrônica.

Sobrenome Prenome(s) do(s) autor(es) ou Nome do autor entidade (Sigla). Nome do programa de computador [programa de computador]. Versão: número da versão. Local de publicação; Data de publicação. Atualizado em: data de atualização. [CD-ROM]. [citado dia, mês abreviado, ano]. Disponível em: endereço de publicação eletrônica.

Obs.: Elementos condicionais: Sigla (se houver), Versão: número da versão (se a informação estiver disponível no recurso eletrônico), Local de publicação (idem), Instituição responsável (idem), Data de publicação (idem), Data de atualização (idem), [CD-ROM] (se for o caso), [citado dia, mês abreviado, ano] (quando citado de publicação eletrônica), endereço de publicação eletrônica (idem)

Exemplos:

Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Objectivos [homepage]. 2017. [citado 12 dez. 2017]. Disponível em: https://www.cplp.org/id-2763.aspx.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo demográfico 2010 [internet]. [citado 06 abr. 2016]. Disponível em: https://censo2010.ibge.gov.br.

Xavier MF, et al. Corpus informatizado do português medieval [internet]. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa. [citado 12 dez. 2017]. Disponível em http://cipm.fcsh.unl.pt.

Boersma P, Weenink D. Praat: doing phonetics by computer [programa de computador]. Versão 5.4.08. Amsterdam: Universiteit van Amsterdam; 2014. [citado 25 set. 2017]. Disponível em: http://www.fon.hum.uva.nl/praat.

Microsoft. Microsoft Access [programa de computador]. Versão 14.0; 2010.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O arquivo da submissão está em formato .doc ou .docx
  3. URLs para as referências foram informadas quando possível.
  4. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista/Submissões.
  5. As figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.

  6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
 

Declaração de Direito Autoral

Os direitos autorais serão cedidos à revista para publicação on-line com livre acesso e impressa para arquivo em papel. Serão preservados, porém, para autores que queiram republicar seus trabalhos em coletâneas.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.