A entoação das sentenças clivadas em português brasileiro e a interface sintaxe-fonologia

  • Flaviane Romani Fernandes-Svartman Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Entoação. Fonologia. Português brasileiro. Sentenças clivadas.

Resumo

Este trabalho, desenvolvido no quadro teórico da Fonologia Entoacional (cf. Pierrehumbert, 1980; Beckman and Pierrehumbert, 1986; Ladd 1996; Jun, 2005), visa ao estudo comparativo da estrutura entoacional das sentenças neutras e clivadas (sentenças clivadas, clivadas invertidas e clivadas invertidas reduzidas) do português brasileiro (doravante, PB). Conforme os resultados obtidos por Frota (1994), Vigário (1998) e Fernandes-Svartman (2007c), em estruturas sintáticas especiais do português europeu, o contorno entoacional sofre alterações locais e, algumas vezes, globais, se comparado ao contorno das sentenças neutras. Nossa hipótese é de que também em PB ocorram alterações no contorno entoacional de estruturas sintáticas especiais, como no caso das sentenças clivadas. Os resultados alcançados por este trabalho confirmam tal hipótese, na medida em que foram encontradas diferenças significativas entre o contorno entoacional das sentenças neutras e o contorno entoacional das sentenças clivadas do PB. Enquanto para as sentenças neutras foram encontrados acentos tonais associados a, praticamente, cada palavra prosódica da sentença e ausência de acentos frasais associados a fronteiras de frases fonológicas, para as sentenças clivadas, foram encontrados: (i) acento tonal associado obrigatoriamente à palavra prosódica cabeça da frase fonológica na qual o sujeito focalizado é mapeado; (ii) acento frasal associado opcionalmente à fronteira direita dessa mesma frase fonológica; e (iii) ausência de acentos tonais associados a palavras prosódicas intermediárias (entre a palavra prosódica cabeça da frase fonológica na qual o sujeito focalizado é mapeado e a palavra prosódica cabeça da última frase fonológica da frase entoacional). No caso das sentenças clivadas, a presença de acento frasal associado à fronteira direita da frase fonológica na qual o sujeito focalizado é mapeado pode, por hipótese, estar relacionada à codificação de uma posição sintática especial ocupada por esse sujeito em tais estruturas: fora de IP, na posição de especificador de CP.

Publicado
2012-06-04
Como Citar
Fernandes-Svartman, F. (2012). A entoação das sentenças clivadas em português brasileiro e a interface sintaxe-fonologia. Filologia E Linguística Portuguesa, 14(1), 37-56. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v14i1p37-56
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)