Transformações no trabalho, luta operária e desenraizamento: a reestruturação produtiva no cotidiano e nas representações de trabalhadores metalúrgicos de uma empresa da região do ABC

Autores

  • Alice McCaffrey Busnardo Universidade de São Paulo; Instituto de Psicologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v6i0p15-35

Palavras-chave:

Reestruturação produtiva, Trabalhador metalúrgico, Luta operária, Dezenraizamento, Ideologia

Resumo

O artigo aqui apresentado é resultado de uma pesquisa cujo objetivo principal foi descrever e analisar as formas pelas quais a reestruturação produtiva (RP) é percebida pelos trabalhadores de um setor produtivo amplamente afetado por essas transformações. Para realizá-la optamos por um estudo de caso. Foram feitas visitas exploratórias à empresa-caso a partir das quais elaboramos diários de campo, ao que se seguiu o recolhimento de treze depoimentos de alguns dos trabalhadores. Do resultado de nossa análise podemos destacar alguns pontos: 1) A RP é compreendida de diferentes formas e acompanhada por diferentes sentimentos (que passam pelo alívio, pela necessidade de explicação, mas também pela desconfiança); 2) É possível afirmar que os operários valorizam em grande medida algumas das mudanças introduzidas; 3) A reorganização do ambiente da fábrica, acompanhada de um discurso ideológico sedutor, camufla contradições estruturais e dificulta a visibilidade dos verdadeiros determinantes da insatisfação operária. O sistema participativo parece amparado por um controle internalizado e simbólico, que provoca a ilusão de uma coincidência entre interesses operários e empresariais; 4) A RP provoca a diluição do sentimento de classe e o embotamento da comunidade operária, que por sua vez minam a resistência e reinstauram o desenraizamento do trabalhador. 5) Há diferentes modalidades de enfrentamento entre os trabalhadores, as quais parecem relacionadas à história vivenciada por cada um, especialmente no que se refere à ligação com movimentos de organização coletiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2003-12-01

Como Citar

Busnardo, A. M. (2003). Transformações no trabalho, luta operária e desenraizamento: a reestruturação produtiva no cotidiano e nas representações de trabalhadores metalúrgicos de uma empresa da região do ABC. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 6, 15-35. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v6i0p15-35

Edição

Seção

Artigos