Inovações tecnológicas e organizacionais em escritórios e os impactos na qualidade de vida no trabalho

Autores

  • Romildo Garcia Brusiquese Universidade de Brasília
  • Mário César Ferreira Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v15i1p1-16

Palavras-chave:

Inovações tecnológicas, Novas exigências, Qualidade de vida no trabalho, Ergonomia da atividade

Resumo

Este estudo buscou identificar as novas exigências do trabalho em escritórios, no atual cenário produtivo, motivadas pelas inovações tecnológicas e organizacionais e sua repercussão na qualidade de vida no trabalho. O referencial teórico fundamentou-se nos pressupostos da Ergonomia da Atividade, e o método baseou-se na Análise Ergonômica do Trabalho (AET). A pesquisa, de abordagem qualitativa, utilizou entrevistas semiestruturadas individuais, com a participação de trinta profissionais de uma instituição financeira brasileira de grande porte, e os dados foram analisados com o uso do programa Alceste. Os resultados apontaram que os entrevistados reconhecem a importância das inovações tecnológicas na realização de suas atividades, mas associam a elas o advento de novas exigências, decorrentes principalmente da intensificação e da maior complexidade e controle do trabalho, que resultam no aumento do custo humano do trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-01

Como Citar

Brusiquese, R. G., & Ferreira, M. C. (2012). Inovações tecnológicas e organizacionais em escritórios e os impactos na qualidade de vida no trabalho. Cadernos De Psicologia Social Do Trabalho, 15(1), 1-16. https://doi.org/10.11606/issn.1981-0490.v15i1p1-16

Edição

Seção

Artigos