A metátese na aquisição da escrita: simetrias e assimetrias entre fonologia e ortografia

Palavras-chave: Metátese, Aquisição da Escrita, Fonologia e Ortografia, Erro (orto)gráfico

Resumo

Este estudo aborda dados de escrita infantil seguindo uma linha de investigação que se caracteriza por eleger o erro (orto)gráfico como principal objeto de análise, tratando-o como uma potencial pista reveladora do conhecimento em construção pelas crianças acerca da estrutura de sua língua, sobretudo da camada fonológica. Situado neste domínio teórico, o artigo explora a grafia da metátese de consoantes em textos de crianças em período de aquisição da escrita, a fim de contribuir para a discussão sobre o fenômeno, observando as relações simétricas e/ou assimétricas existentes entre as metáteses produzidas especialmente no período de aquisição fonológica e aquelas manifestas nas escritas iniciais. A análise dos dados reforça aspectos influentes já salientados por outros pesquisadores com relação à metátese, como a natureza dos segmentos envolvidos, a estrutura silábica e seu grau de complexidade, e a incerteza representacional ligada à nasalidade em coda medial e à segmentação de palavras gráficas. Fatores externos à fonologia da língua também foram observados enquanto possibilidades para a motivação do fenômeno na escrita, particularmente traçado de letra e hipersegmentação de palavras, aspectos que dizem respeito a conhecimentos notacionais, também constitutivos da aprendizagem do sistema de escrita, e que parecem interagir com as variáveis de natureza fonológica, apontando para as assimetrias entre fonologia e ortografia.

Referências

Abaurre MBM. The interplay between spontaneous writing and underlying linguistic representation. European Journal of Psychology Education, Dordrecht, v.3, n.40, p.415-430, 1988.
________. Os estudos linguísticos e a aquisição da escrita. Anais do II Encontro sobre Aquisição de Linguagem. Porto Alegre: PUCRS, 1991.
________. Dados da escrita inicial: indícios da construção da hierarquia de constituintes silábicos? In: Matzenauer, CLB. (Org.). Aquisição de língua materna e de língua estrangeira. Pelotas: EDUCAT, 2001.
Adamoli MA. Um estudo sobre o estatuto fonológico dos ditongos variáveis [aj] e [ej] do PB a partir de dados orais e ortográficos produzidos por crianças de séries iniciais. Tese (Doutorado em Educação). Pelotas: UFPel, 2012.
Blevins J, Garret A. The evolution of metathesis. In: Hayes B, Kirschner R, Steriade D. (Ed.). Phonetically based phonology. Cambridge: Cambridge University Press, 2004.
Chomsky N. Aspectos da teoria da sintaxe. 2ª ed. Portugal, Coimbra: Editor- Sucessor, [1965] 1978.
Clements NG, Hume E. The internal organization of speech sounds. In: Goldsmith, J. A. (ed.). The handbook of phonological theory. Cambridge: Blackwell Publishers, 1995.
Coelho BC. Transposições ortográficas e estrutura da sílaba na escrita infantil. Dissertação (Mestrado em Letras). São José do Rio Preto: UNESP, 2016.
Cunha APN. As segmentações não-convencionais da escrita inicial: uma discussão sobre o ritmo linguístico do português brasileiro e europeu. Tese (Doutorado em Educação). Pelotas: UFPel, 2010.
Ferreiro E, Teberosky A. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: ArtMed, 1999.
Hora D, Telles S, Monaretto VNO. Português brasileiro: uma língua de metátese?. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 42, n. 2, p. 178-196, setembro, 2007.
Hume E. Metathesis: Formal and Functional Considerations. In: Hume E, Smith N, Weijer J van de. 2001. Surface Syllable Structure and Segment Sequencing. HIL Occasional Papers. Leiden, NL: HIL. 1-25.
________. The indeterminacy/attestation model of metathesis. Language, v. 80, n. 2, p. 203-237, 2004.
Lamprecht RR. Metathesis in phonological acquisition: a window to constraint ranking in the child’s system. Paper-presented in GALA-2002.
Lamprecht RR et al. (org.). Aquisição Fonológica do Português: perfil de desenvolvimento e subsídios para terapia. Porto Alegre: ArtMed Editora, 2004.
Landsmann LT. Aprendizagem da Linguagem Escrita: processos evolutivos e implicações didática. São Paulo: Ática, 1995.
Lemle M. Guia teórico do alfabetizador. São Paulo: Ática, 1987.
Magalhães JS. A metátese da líquida não-lateral na aquisição: evidência para o pé troqueu. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 38, n. 2, p. 83-95, junho, 2003.
Matzenauer CLB. Introdução à teoria fonológica. In: Bisol L. (org.). Introdução a estudos de fonologia do Português Brasileiro. 4ª ed. rev. e ampl. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2005. [1996].
Matzenauer-Hernandorena CLB. Aquisição da fonologia do Português: estabelecimento de padrões com base em traços distintivos. 1990. 315p. Tese de Doutorado. Porto Alegre: PUCRS, 1990.
________. A aquisição de segmentos do português e o pé métrico. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 36, n. 3, p. 85-99, 2001.
McCarthy J, Prince AS. Prosodic Morphology I: Constraint Interaction and Satisfaction. New Brunswick: Rutgers University Center for Cognitive Science, 1993.
Miranda ARM. A aquisição do ‘r’: uma contribuição à discussão sobre seu status fonológico. 1996. Dissertação (Mestrado em Letras), PPGL, PUCRS.

________. BATALE: Banco de Textos de Aquisição da Linguagem Escrita. Faculdade de Educação. Universidade Federal de Pelotas. 2001. Disponível em: .
________. As formas harmônicas da linguagem infantil e a atuação das restrições [SPREAD] e [AGREE]. In: Cadernos de pesquisa em Linguística. Porto Alegre, v1, n1, agosto de 2005.
________. A grafia de estruturas silábicas complexas na escrita de crianças das séries iniciais. In: Pinho SZ (Org.). Formação de Educadores: o papel do educador e sua formação. São Paulo: Unesp, 2009, p. 409-426.
________. Reflexões sobre a fonologia e a aquisição da linguagem oral e escrita, Veredas (UFJF), online, 16: 118-135, 2012. 

________. Informação fonológica na aquisição da escrita. In: Ré, A; Komesu F, Tenani L, Vieira AJ. (Org.). Estudos linguísticos contemporâneos: diferentes olhares. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2013, p. 11-35.
________. A fonologia em dados de escrita inicial de crianças brasileiras. Linguistica (Madrid), v. 30, p. 45-80, 2014.
________. Aquisição da linguagem: escrita e fonologia. No prelo.
Miranda ARM, Cunha APN. A fonologia em dados de escrita inicial de crianças brasileiras. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 48, n. 3, p. 343-354, jul./set. 2013.
Miranda ARM, Silva MR, Medina SZ. O sistema ortográfico do Português Brasileiro e sua aquisição. Revista Linguagens e Cidadania, Santa Maria, v. 14, n. 1, p. 1-15, 2005.
Ney LAG. Acentuação gráfica na escrita de crianças de séries iniciais. Dissertação (Mestrado em Educação). Pelotas: UFPel, 2012.
Pachalski L, Rodrigues JC, Vieira IF, Miranda ARM. A produção de encontros consonantais tautossilábicos em dados de escrita inicial. In: XXIII Congresso de Iniciação Científica da UFPel, Pelotas, 2014. Letras e Artes. Disponível em: http://cti.ufpel.edu.br/siepe/arquivos/2014/LA_03222.pdf
________. Simetrias e assimetrias entre a aquisição da fala e da escrita: o uso da metátese como estratégia para a grafia do onset complexo. In: XXIV Congresso de Iniciação Científica da UFPel, Pelotas, 2015. Letras e Artes. Disponível em: http://cti.ufpel.edu.br/siepe/arquivos/2015/LA_04474.pdf
Pachalski L, Miranda ARM. A metátese na aquisição da escrita: regularidades e possíveis motivações. In: XXV Congresso de Iniciação Científica da UFPel, Pelotas, 2016. Letras e Artes. Disponível em: http://cti.ufpel.edu.br/siepe/arquivos/2016/LA_04230.pdf
Piaget JA. Epistemologia Genética. Petrópolis: Vozes, 1971.
Redmer CDS. Metátese e epêntese na aquisição da fonologia do PB: uma análise com base na teoria da otimidade. Dissertação (Mestrado em Letras). Pelotas: UCPel, 2007.
Zitzke BC. Uma análise da ocorrência de metáteses na fala de crianças em fase de aquisição de linguagem. Dissertação (Mestrado em Letras). Porto Alegre: PUCRS, 1998.
________. Um levantamento de metáteses na fala de crianças em fase de aquisição da linguagem. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 36, n. 3, p. 219-227, setembro, 2001.
Publicado
2018-12-30
Como Citar
Pachalski, L., & Miranda, A. R. (2018). A metátese na aquisição da escrita: simetrias e assimetrias entre fonologia e ortografia. Filologia E Linguística Portuguesa, 20(2), 233-256. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/flp/article/view/151909
Seção
Artigos