Linguística de corpus: teoria, perspetivas metodológicas e ensino das línguas

  • Carlos Assunção Universidade de Trás-os-Montes
  • Carla Araújo Instituto Politécnico de Bragança
Palavras-chave: Linguística de corpus, Metodologias, Recursos didáticos, Ensino

Resumo

A palavra ‛corpus’ reveste-se de ambiguidade, uma vez que diz respeito, por um lado, a um conjunto de dados e, por outro, a um conjunto de métodos. Em relação ao sentido de conjunto de dados, verifica-se que todos os linguistas são potenciais utilizadores de corpora, já que a Linguística é uma disciplina empírica. Os métodos sobre corpora, construídos a partir de simples concordâncias, são especialmente estatísticos e/ou probabilísticos. O contexto contemporâneo de ensino-aprendizagem das línguas impõe o desenvolvimento e a disponibilização de recursos didáticos, como as bases de dados que sirvam de suporte às exigentes e rigorosas práticas pedagógicas da conjuntura educativa do século XXI. Simultaneamente, este recurso permite ainda ao professor obter as competências necessárias para fomentar junto dos alunos uma atitude crítica e reflexiva sobre a língua, tendo em vista o desenvolvimento da capacidade de observação e análise da língua num processo de descoberta do seu sistema de funcionamento.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
Assunção, C., & Araújo, C. (2019). Linguística de corpus: teoria, perspetivas metodológicas e ensino das línguas. Filologia E Linguística Portuguesa, 21(2), 271-288. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v21i2p271-288
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)