O caderno Harmonielehre | III | Skizzen e a primeira campanha de escrita de Os Degraus do Parnaso, de M. S. Lourenço

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v22i1p9-20

Palavras-chave:

Crítica Textual, Empaginação, Instrumentos de escrita, Processo de escrita

Resumo

No âmbito de um entendimento global da crítica textual prescritiva e descritiva, reflecte-se sobre o processo de escrita e de revisão a partir da abordagem conjugada da empaginação e dos instrumentos escriptórios. O testemunho em análise como objecto da codicologia moderna é um caderno que conserva as primeiras redacções de nove ensaios integrados em Degraus do Parnaso, a obra mais conhecida do escritor e filósofo português M. S. Lourenço (1936-2009). Este caderno é relacionado com outros suportes de escrita que existem no espólio do autor. É dada atenção especial aos instrumentos de escrita usados (canetas de várias cores) de maneira a tentar apurar hábitos de redacção e as funções que lhes podem ser atribuídas.

Referências

Castro I. Editar Pessoa. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda; 2013.

De Biasi PM. A genética dos textos. Trad. Passos MHP. Porto Alegre: ediPUCRS; 2010.

Dillen W, organizador. Lexicon of scholarly editing. University of Antwerp. [citado 27 jan. 2020]. Disponível em: https://lexiconse.uantwerpen.be/.

Dionísio J. À volta do princípio de Finnegans Wake por M. S. Lourenço. In: Ferreira JCV, et al., organizadores. A Scholar for all Seasons. Homenagem a João de Almeida Flor. Lisboa: Departamento de Estudos Anglísticos da FLUL/Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa; 2013. p. 433-438.

Dionísio J, Jerónimo N, Zilhão A, Cachopo JP. Espólio de M. S. Lourenço [Esp. E 62]. Inventário. Lisboa: Biblioteca Nacional de Portugal; 2014 [exemplar de consulta na Sala de Reservados].

Dionísio J, Pimenta C. The stages of writing of Os Degraus do Parnaso, by M. S. Lourenço [artigo inédito em processo de submissão].

Lourenço MS. Orfeu e a Graça ou a musa de Jorge Lima tal qual se fala. Encontro. Jornal dos universitários católicos. 1956; ano 1, 4, Abril: 2 e 4.

Saraiva AJ, Lopes Ó. História da literatura portuguesa. 13ª edição. Porto: Porto Editora; Coimbra: Liv. Arnado; Lisboa: Emp. Lit. Fluminense; 1985.

Tamen M. Uma entrevista a M. S. Lourenço. Feijó AM, Tamen M, editores. A teoria do Programa. Uma homenagem a Maria de Lourdes Ferraz e a M. S. Lourenço. Lisboa: Programa em Teoria da Literatura; 2007. p. 313-364.

Downloads

Publicado

2020-08-06

Como Citar

Dionísio, J. M. Q. M. (2020). O caderno Harmonielehre | III | Skizzen e a primeira campanha de escrita de Os Degraus do Parnaso, de M. S. Lourenço. Filologia E Linguística Portuguesa, 22(1), 9-20. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v22i1p9-20

Edição

Seção

Artigos

Dados de financiamento