Filologia Bandeirante

  • Maria Antonieta Amarante de M. Cohen Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maria Sueli Aguiar Universidade Federal de Goiás
  • Manoel Mourivaldo Santiago Almeida Universidade de São Paulo
  • Waldemar Ferreira Netto Universidade de São Paulo
  • Heitor Megale Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Bandeiras. Linguística histórica. História da língua. Filologia portuguesa. Linguística portuguesa.

Resumo

Este texto apresenta a constituição de um Grupo de Trabalho para coleta de material linguístico acompanhado de estudos para identificação, análise e tabulação de traços da língua antiga preservados em localidades situadas nas trilhas das bandeiras paulistas de fins do século XVII e durante o século XVIII. Geograficamente a pesquisa cobre os territórios dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso. O objetivo do trabalho é comprovar a preservação de camadas linguísticas do Português Antigo ou do Português dos séculos XVI e XVII no Brasil e propiciar aos estudiosos da língua um corpus cientificamente preparado para seu estudo.
Publicado
1997-08-02
Como Citar
Cohen, M. A., Aguiar, M. S., Almeida, M., Ferreira Netto, W., & Megale, H. (1997). Filologia Bandeirante. Filologia E Linguística Portuguesa, (1), 79-94. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i1p79-94
Edição
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 > >>