Notas sobre as “Prosas Portuguesas” de Rafael Bluteau e a historiografia lingüística do século XVIII

Autores

  • Maria Filomena Gonçalves Universidade de Évora

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i5p7-25

Palavras-chave:

Historiografia linguística. Lexicologia. Lexicografia. Renovação vocabular. Estrangeirismos. Significado.

Resumo

Além do Vocabulário Portuguez e Latino (1710-1728), Rafael Bluteau também é autor das Prosas Portuguezas (1727-1728), produzidas no contexto específico do academismo literário de finais de seiscentos e princípios de setecentos. Nas Proza, o fundador da lexicografia portuguesa discute temas de natureza linguística como a renovação vocabular, os estrangeirismos e o significado de algumas palavras. Caracterizadas pelo seu caráter apologético, as Prosas são fontes privilegiadas da historiografia linguística do português, ao mesmo tempo que dão importantes achegas para a lexicologia histórica do Português.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2003-08-02

Como Citar

Gonçalves, M. F. (2003). Notas sobre as “Prosas Portuguesas” de Rafael Bluteau e a historiografia lingüística do século XVIII. Filologia E Linguística Portuguesa, (5), 7-25. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i5p7-25

Edição

Seção

Artigos