Iotização do dígrafo

Autores

  • Martín Russo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i7p135-143

Palavras-chave:

variação fonética, linguística histórica, iotização

Resumo

Este artigo explana a ideia de persistência de traços fônicos de uma variedade falada nas regiões da trilha dos bandeirantes. O foco de observação traduz-se na articulação fônica e percepção acústica decorrente da pronúncia do dígrafo <lh>.

Biografia do Autor

Martín Russo, Universidade de São Paulo

Aluno de Graduação

Downloads

Publicado

2005-08-02

Como Citar

Russo, M. (2005). Iotização do dígrafo. Filologia E Linguística Portuguesa, (7), 135-143. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i7p135-143

Edição

Seção

III Seminario Internacional de Trabalho Filológico