A variação na terminologia da nanociência/nanotecnologia

Autores

  • Manoel Messias Alves da Silva Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Odair Luiz Nadin Universidade Estadual de Maringá (UEM)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v12i2p295-312

Palavras-chave:

Nanociência/Nanotecnologia. Teoria comunicativa da terminologia. Terminologia. Variação terminológica.

Resumo

Este artigo apresenEste artigo apresenta o que já foi possível delinear em relação à variação terminológica identificada no projeto de pesquisa Dicionário terminológico da nanociência e da nanotecnologia, institucionalizado desde 2005. O fenômeno da variação terminológica começou a receber a devida atenção desde quando houve as reavaliações da Teoria Geral da Terminologia (TGT), em que a Unidade de conhecimento Especializado (UCE) passou a ser considerada uma realização da língua natural e, como tal, possuidora de todas as suas peculiaridades. Surgiram, então, visões teóricas influenciadas por questões variacionistas, comunicativas e cognitivas, dentre as quais se destacam a Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT) e a Socioterminologia. À luz dessas teorias, já é possível afirmar que essa diversidade se manifesta nas diferentes concepções que existem na área pesquisada, devido à sua estrutura conceptual complexa, nas diferentes subáreas que compõem esta subárea da Engenharia de Materiais, além da variedade de práticas que oferece, da diversidade de usuários que se servem dela e da diversidade de organizações que cuidam dela.

Downloads

Publicado

2010-12-04

Como Citar

Silva, M. M. A. da, & Nadin, O. L. (2010). A variação na terminologia da nanociência/nanotecnologia. Filologia E Linguística Portuguesa, 12(2), 295-312. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v12i2p295-312

Edição

Seção

Artigos