Todos são x tudo é: os usos do pronome tudo no português popular falado em São Paulo

Autores

  • Deize Crespim Pereira Universidade de São Paulo
  • Ângela Cecília de Souza Rodrigues Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v13i1p207-246

Palavras-chave:

pronomes indefinidos, variação gramatical, português popular, SociolingüísticaQuantitativa, Lingüística Funcional

Resumo

Este trabalho objetiva uma análise quantitativa dos pronomes tudo/todos em contextos nos quais estes retomam ou se combinam com um nome ou pronome semanticamente ou sintaticamente plural. O corpus se constitui de 34 inquéritos que integram o Projeto Português Popular em São Paulo. Utilizando os pressupostos teórico-metodológicos da Sociolingüística Variacionista Laboviana e da Lingüística Funcional, descrevemos as condições de uso destes pronomes e analisamos os fatores que condicionam a variação entre realização x não-realização da flexão do pronome e da flexão do verbo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-04

Como Citar

Pereira, D. C., & Rodrigues, Ângela C. de S. (2011). Todos são x tudo é: os usos do pronome tudo no português popular falado em São Paulo. Filologia E Linguística Portuguesa, 13(1), 207-246. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v13i1p207-246

Edição

Seção

Artigos