Portal da USP Portal da USP Portal da USP

O meio técnico-científico-informacional, os equipamentos de imagem-diagnóstico e a desigualdade em saúde no Brasil

Oseias da Silva Martinuci, Raul Borges Guimarães

Resumo


Este artigo discute as desigualdades em saúde no Brasil tomando como referência o conhecimento geográfico do território nacional. Para isso, considera como se combinam as mudanças econômicas, demográficas, sociais e políticas das últimas décadas com as velhas estruturas territoriais brasileiras, condicionando diferentemente nos lugares o processo saúde-doença, bem como os modos de obter saúde. Analisa a distribuição territorial de dois dos mais sofisticados equipamentos de imagem-diagnóstico: tomógrafos computadorizados e aparelhos de ressonância magnética. A análise sugere que esses objetos raros se somam às demais concentrações territoriais, nem sempre em consonância com as necessidades da população ou com as demandas regionais, comprometendo seriamente os princípios de equidade, universalidade e integralidade do Sistema Único de Saúde, com impacto direto na própria cidadania.

 


Palavras-chave


Territory. Geographic location. Health transition. Medical technology. Health inequalities.

Texto completo:

PDF

Referências


ABDI. AGÊNCIA BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL. Panorama setorial: equipamentos médicos, hospitalares e odontológicos. Brasília, DF: ABDI, 2008.

ALMEIDA, E. P. O uso do território brasileiro e os serviços de saúde no período técnico-científico-informacional. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

ANTAS JR., R. M; ALMEIDA, R. S. Diagnóstico médico e uso corporativo do território brasileiro. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 674-690, 2015.

ARENDT, H. A condição humana. 10. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

BARATA, R. B. Como e por que as desigualdades sociais fazem mal à saúde. 2. ed. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2009.

______. Desigualdades sociais em saúde. In: CAMPOS, G. W. S. (Org.) Tratado de saúde coletiva. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2006.

BARROS, M. B. A. Desigualdade social em saúde: revisitando momentos e tendências nos 50 anos de publicação da RSP. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 51, n. 17, 2017.

BOBBIO, N. A era dos direitos. Campus: Rio de Janeiro, 2004.

CATAIA, M. A.; RIBEIRO, L. H. L. Análise de situações geográficas. Revista da Anpege, v. 11, n. 15, p. 9-30, 2015.

CHAIMOWICZ, F. A saúde dos idosos brasileiros. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 184-200, 1997.

COELHO, V. C. O esboço de uma diplomacia militar brasileira na África durante o governo Lula: oportunidades a indústria da defesa brasileira. In: SEMANA DE CIENCIAS HUMANAS, 6., 2010, Campos de Goytacazes. Anais... Campos de Goytacazes: Instituto Federal Fluminense, 2010. p. 269-277.

DAVID, V. C. O território usado e o circuito superior marginal. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

FRENK, J. et al. La transición epidemiológica en América Latina. Boletín de la Oficina Sanitaria Pan-Americana, Washington, v. 111, n. 6, p. 485-496, 1991.

GUIMARÃES, R. B. Geografia e saúde coletiva no brasil. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 25, n. 4, p. 869-879, 2016.

______. Políticas de salud y escala geográfica. In: PICKENHAYN, J. (Org.). Salud y enfermedad. Buenos Aires: Lugar, 2009. p. 101-110.

HOUSE, J.; KESSELER, R.; REGULA, H. A. Age, socioeconomic status and health. Milbank Quarterly, New York, n. 3, p. 383-411, 1990.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA. Sidra. Censo demográfico 2010 – Séries temporais. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/censo-demografico/series-temporais/series-temporais/. Acesso em: nov. 2013.

______. Regiões de influência das cidades 2007. Rio de Janeiro: IBGE, 2008.

KOSIK, K. Dialética do concreto. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989.

LACOSTE, Y. A geografia: isso serve, em primeiro lugar, para fazer a guerra. 14. ed. Campinas, SP: Papirus, 2008.

LERNER, M. Modernization and health: a model of the health transition. Documento apresentado na Reunião Anual da American Public Health Association. São Francisco, CA, 1973. (Inédito.)

MARTINUCI, O. S. A compreensão geográfica dos eventos em saúde no território brasileiro e a análise cartográfica dos equipamentos de imagem-diagnóstico de alta complexidade. Tese (Doutorado em Produção do Espaço Geográfico) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2013.

MORAIS, L.; SAAD-FILHO, A. Da economia política à política econômica: o novo desenvolvimentismo e o governo Lula. Revista de Economia Política, Porto Alegre, v. 31, n. 4 (124), p. 507-527, out./dez. 2011.

MOTA, A. Quem é bom já nasce feito. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

MS. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Datasus 2013. Disponível em: www.datasus.gov.br. Acesso em: nov. 2013.

______. Portaria n. 1.101: parâmetros de cobertura assistencial no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS. Brasília, DF, 2002.

NERI, M. C. A nova classe média. Rio de Janeiro: FGV/Ibre, 2010.

______; SOARES, W. Desigualdade social e saúde no Brasil. Cadernos de Saúde Pública. Rio de Janeiro, v. 18 (suplemento), p. 77-87, 2002.

NOVAES, H. M. D.; NOVAES, R. F. Saúde, doença e inovação tecnológica. Saúde e Sociedade, São Paulo: Unifesp, v. 3, n.1, p. 61-78, 1994.

NUNES, B. P.; THUMÉ, E.; TOMASI, E.; DURO, S. M. S.; FACCHINI, L. A. Desigualdades socioeconômicas no acesso e qualidade da atenção nos serviços de saúde. Revista de Saúde Pública, São Paulo, n. 48, v. 6, p. 968-976, 2014.

OLIVEIRA, E. X. G.; CARVALHO, M. S.; TRAVASSOS, C. Acesso à internação hospitalar nos municípios brasileiros em 2000: territórios do Sistema Único de Saúde – mapeamento das redes de atenção hospitalar. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 20, n. 2, p. S298-S309, mar./abr. 2004.

ORTEGA Y GASSET, J. Meditação da técnica. São Paulo: Ibero-Americano, 1963.

RIBEIRO, A. C. T. Território usado e humanismo concreto. In: SILVA, C. A. Formas em crise: utopias necessárias. Rio de Janeiro: Arquimedes, 2005. p. 93-111.

SANTOS, M. Por uma geografia nova. 6. ed. São Paulo: Edusp, 2008.

______. O espaço do cidadão. 7. ed. São Paulo: Edusp, 2007.

______. O papel da geografia: um manifesto. Revista Território, Rio de Janeiro, v. 5, n. 9, p. 103-109, jul./dez. 2000.

______. A natureza do espaço. São Paulo: Hucitec, 1996.

SANTOS, M.; RIBEIRO, A. C. T. O conceito de região concentrada. Rio de Janeiro: Departamento de Geografia/Ippur/UFRJ, 1979. (Mimeo.)

SANTOS, M.; SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. São Paulo: Record, 2008.

SILVEIRA, M. L. Uma situação geográfica: do método à metodologia. Revista Território. Rio de Janeiro, v. 4, n. 6, p. 21-28, jan./jun. 1999.

SIMOMURA, V. L. Desigualdades sociais em saúde da população idosa na Região Metropolitana de Campinas. Dissertação (Mestrado em Demografia) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2013.

SOUZA NETO, D. M. A política externa brasileira nos oito anos do governo Lula: legados e lições para a inserção do Brasil no mundo. In: PAULA, M. (Org.). “Nunca antes na história deste país”...? um balanço das políticas do governo Lula. Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Boll, 2011. p. 99-115.

STIGLITZ, J. E. O preço da desigualdade. Lisboa: Bertrand, 2016.

TRAVASSOS, C.; VIACAVA, F.; FERNANDES, C.; ALMEIDA, C. M. Desigualdades geográficas e sociais na utilização dos serviços de saúde no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, n. 5, p. 133-149, 2000.

TRINDADE, E. Desenvolvimento da avaliação de tecnologia de saúde no mundo. Boletim do Instituto de Saúde. São Paulo, v. 14, n. 2, p. 135-142, maio 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2018.118718

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Oseias da Silva Martinuci, Raul Borges Guimarães

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

GEOUSP: Espaço e Tempo (Online)
ISSN 2179-0892
Departamento de Geografia - FFLCH - USP
geouspusp.br / www.geografia.fflch.usp.br