O Darwinismo Social na Geografia Humana do início do século XX: o caso da obra “Influences of Geographic Environment” de Ellen Semple

Autores

  • Fernando José Coscioni Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2018.140469

Palavras-chave:

Darwinismo Social, Evolucionismo, Ellen Semple, Geografia Humana nos EUA, Epistemologia

Resumo

O artigo busca explicar a relação entre o Darwinismo Social, a institucionalização da Geografia Humana nos EUA nas primeiras décadas do século XX e as posturas epistemológicas e filosóficas que fundamentam a obra “Influences of Geographic Environment” (1911), escrita por Ellen Semple (1863-1932). O livro em questão foi uma das principais tentativas mais extensas de sistematização teórica da Geografia Humana produzidas nos EUA durante o período crítico de expansão da presença universitária da disciplina no país. Defenderemos a hipótese de que as ideias expostas pela geógrafa nesse trabalho evidenciam claramente que a construção do campo disciplinar no mundo de língua inglesa se deu a partir da internalização de posturas intelectuais derivadas do debate evolucionista que chegaram às Ciências Humanas através do Darwinismo Social e que foram favorecidas pelo contexto geopolítico de ascensão do imperialismo. 

 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Fernando José Coscioni, Universidade de São Paulo

    Possui gradução (bacharelado e licenciatura) e mestrado em Geografia, ambos pela USP. Atualmente cursa doutorado em Geografia também pela USP e é bolsista (processo 2016/18128-1) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). A bolsa é produto de um convênio entre a Fapesp e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES).

Referências

BERDOULAY, V. A abordagem contextual. Espaço e Cultura, Rio de Janeiro: Uerj, n. 16, p. 47-56, 2003[1981].

BOURDIEU, P. Os usos sociais da ciência. São Paulo: Unesp, 2003.

COLBY, C. Ellen Churchill Semple. Annals of the Association of American Geographers, v. 23, p. 229-240, 1933.

HAWKINS, M. Social Darwinism in European and American Thought (1860-1945): Nature as a Model and Nature as a Threat. Cambridge: Cambridge University Press, 1998.

HERBST, J. Social Darwinism and the History of American Geography. Proceedings of the American Philosophical Society, v. 105, n. 6, p. 538-544, 1961.

HOBSBAWN, E. Era dos impérios (1875-1914). São Paulo: Paz e Terra, 2010[1988].

HOFSTADTER, R. Social Darwinism in American Thought. Boston: Beacon, 1992[1955].

KEIGHREN, I. Bringing Geography to Book: Ellen Semple and the Reception of Geographical Knowledge. London/New York: J. B. Tauris, 2010.

LENAY, C. Darwin. São Paulo: Estação Liberdade, 2004.

LIVINGSTONE, D. The Geographical Tradition. Malden/Oxford: Blackwell, 2008 [1992].

MARTIN, G. All Possible Worlds: A History of Geographical Ideas. New York/Oxford: Oxford University Press, 2005.

PATTISON, W. Rollin Salisbury and the Establishment of Geography at the University of Chicago. In: BLOUET, B. (Org.). Origins of Academic Geography in the United States. Hamden: Archon, 1981. p. 151-163.

PEET, R. Social Origins of Environmental Determinism. Annals of the Association of American Geographers, v. 75, n. 3, p. 309-333, 1985.

RUSE, M. Social Darwinism: The Two Sources. Albion – A Quarterly Journal Concerned With British Studies, v. 12, n. 1, p. 23-36, 1980.

SCHULTEN, S. The Geographical Imagination in America (1880-1950). Chicago: University of Chicago Press, 2001.

SEMPLE, E. Influences of Geographic Environment: On the Basis of Ratzel’s System of Anthropo-Geography. New York/London: Henry Holt and Company/Constable & Company, 1911.

SPENCER, H. The Social Organism. In: Essays: Scientific, Political and Speculative. London: Routledge/Thoemes Press,[19961891]. v. 1.

STODDART, D. R. Darwin’s Impact on Geography. Annals of the Association of American Geographers, v. 56, n. 4, p. 683-698, 1966.

Downloads

Publicado

2018-06-19

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

COSCIONI, Fernando José. O Darwinismo Social na Geografia Humana do início do século XX: o caso da obra “Influences of Geographic Environment” de Ellen Semple. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), São Paulo, Brasil, v. 22, n. 2, p. 349–365, 2018. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2018.140469. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/140469.. Acesso em: 22 abr. 2024.