Afinidades eletivas ou crítica a uma história da geografia sem classe(s)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2021.173953

Palavras-chave:

História da Geografia, Afinidades eletivas, Abordagem contextual

Resumo

O ensaio aborda questões de método relativas à historiografia da história da geografia no Brasil propondo uma crítica a certas abordagens historiográficas a partir do conceito de afinidades eletivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoel Fernandes de Sousa Neto, Universidade de São Paulo

Manoel Fernandes de Sousa Neto é Professor Associado da Universidade de São Paulo, realizou pós doutoramento pela Universidade do Porto (2013), atuou como Professor Visitante na Université Cergy-Pontoise (2019) e presidiu a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia - ANPEGE (2018-2019).

Referências

ARBEX, Márcia. “As Metáforas Picturais de René Magritte.” In: Letras, n.34 – Literaturas, Outras Artes e Culturas das Mídias. Santa Maria, UFSM, 2007. (pp. 147-161)
BENJAMIN, Walter. “A Obra de Arte na Era da sua Reprodutibilidade Técnica.” In: Obras Escolhidas, Vol. 1. São Paulo, Brasiliense, 1987.
BENJAMIN, Walter. “As Afinidades Eletivas, de Goethe.” In: Ensaios Sobre Literatura. Assírio e Alvim, Lisboa, 2016. (pp. 38-138)
BERDOULAY, Vincent. A Escola Francesa de Geografia: uma abordagem contextual. São Paulo, Perspectiva, 2017.
LOWY, Michael. As Aventuras de Karl Marx contra o Barão de Munchhausen. São Paulo, Buscavida, 1987.
LOWY, Michael. A Jaula de Aço: Max Weber e o Marxismo Weberiano. São Paulo, Boitempo Editorial, 2014.
SOUSA NETO, Manoel Fernandes. “Geografia nos Trópicos: memória dos naúfragos de uma Jangada de Pedras?” In: Revista Terra Livre, n. 17. São Paulo, 2001. (pp. 119-138)
THIRY-CHERQUES, Hermano Roberto. Sobreviver ao Trabalho. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2004.
WEBER, Max. A Ética Protestante e o Espirito do Capitalismo. São Paulo, Companhia das Letras, 2004.

Publicado

2021-04-20

Como Citar

SOUSA NETO, M. F. de. Afinidades eletivas ou crítica a uma história da geografia sem classe(s). GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 25, n. 1, p. e-173953, 2021. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2021.173953. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/173953. Acesso em: 20 out. 2021.

Edição

Seção

Ensaio

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)