Imobiliárias Agrícolas Financeirizadas e land grabbing: a atuação das empresas agrícolas controladas pelo capital financeiro no mercado fundiário brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2022.188587

Palavras-chave:

Imobiliárias Agrícolas Financeirizadas, capital financeiro, mercado fundiário, land grabbing, fronteira agrícola moderna

Resumo

O artigo analisa a emergência de um novo tipo de empresa agrícola no território brasileiro: as Imobiliárias Agrícolas Financeirizadas. Para serem caracterizadas como tal, além de controladas pelo capital financeiro, as empresas precisam considerar à terra como um ativo financeiro, isto é, o modelo de gerenciamento da propriedade deve ser determinado pela expectativa dos investidores de obter rendimentos iguais ou superiores às demais formas de investimentos nos mercados especulativos. Além de propor uma tipologia dessas empresas, o artigo apresenta também o ciclo de precificação das terras. Os dados e informações foram obtidos em trabalhos de campo (entre 2014 e 2019), com visitas às empresas e entrevistas com funcionários, gerentes e diretores, assim como em jornais e revistas, artigos científicos e relatórios institucionais. Os exemplos analisados neste artigo demonstram uma das expressões do land grabbing no território brasileiro, ao enfatizar a metamorfose da relação entre o capital financeiro e o mercado fundiário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Cavalcanti do Nascimento, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Geógrafo pela Universidade Federal de Uberlândia. Mestre em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas. Doutor em Geografia pela Universidade Estadual de São Paulo - UNESP/Rio Claro. Atualmente, é Pós-Doutorando do Programa de Pós-graduação em Geografia Humana, da Universidade de São Paulo.

Samuel Frederico, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro

Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, em Rio Claro. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Econômica, Regional e Agrária, atuando principalmente nos seguintes temas: modernização e expansão da fronteira agrícola e capital financeiro e agronegócio. 

Referências

B3, Bolsa de Valores de São Paulo. Novo Mercado. Segmentos de listagem. Disponível em: http://www.b3.com.br/pt_br/produtos-e-servicos/solucoes-para-emissores/segmentos-de-listagem/novo-mercado/. Acesso em: 08 dez. 2020.

BORRAS JR, Saturnino M.; KAY, Cristobal; GÓMEZ, Sergio; WILKINSON, John. Land Grabbing and Global Capitalist Accumulation: Key Features in Latin America. Canadian Journal of Development Studies. 33 (4): 402–416. https://doi.org/10.1080/02255189.2012.745394. 2012.

BRASILAGRO, Companhia Brasileira de Propriedades Agrícolas. Fato relevante: Venda da fazenda Cremaq – BrasilAgro, 10 de jun/ 2015. Disponível em: http://www.brasil-agro.com/brasilagro2011/web/download_arquivos.asp?id_arquivo=EDE6A03B-673A-4990-9C4C-91492B761DE3. Acesso em: 05 fev. 2021.

BRASILAGRO, Companhia Brasileira de Propriedades Agrícolas. Institutional presentation BrasilAgro 2018. Disponível em: http://www.brasil-agro.com/download_arquivos.asp?id_arquivo=A2BDC76B-0115-4442-A44E-5214B95FFEE1. Acesso em: 05 fev. 2021.

BRASILAGRO, Companhia Brasileira de Propriedades Agrícolas. Apresentação institucional. 21º CEO Conference Brasil 2020 – BTG Pactual, fevereiro/2020. Disponível em: http://www.brasil-agro.com/brasilagro2011/web/download_arquivos.asp?id_arquivo=6DD2CF99-A6F5-4B78-A7DF-A974E7D14DF0. Acesso em: 05 fev. 2021.

CAGNIN, Rafael Fagundes. O ciclo dos imóveis e o crescimento econômico nos Estados Unidos 2002-2008. Estudos Avançados, v. 23, n. 66, p. 147-168, 2009.

CHESNAIS, François. A finança mundializada: raízes sociais e políticas, configuração e consequências. Editora: Boitempo. São Paulo, 2005.

COTULA, L. The international political economy of the global land rush: A critical appraisal of trends, scale, geography and drivers. The Journal of Peasant Studies, 39 (3-4), 649-680 pp. 2012.

DINHEIRO RURAL. BrasilAgro confirma início de operação com grãos em Mato Grosso na safra 2018/2019. Disponível em: https://www.dinheirorural.com.br/brasilagro-confirma-inicio-de-operacao-com-graos-em-mato-grosso-na-safra-2018-19/. Acesso em: 05 fev. 2021.

EMPEA. First-time Funds in Emerging Markets. Disponível em: https://www.empea.org/research/empea-brief-first-time-funds-in-emerging-markets/. Acessado em: 05 fev. 2021.

ESTADÃO. Futuro incerto para debêntures de sociedades limitadas. Disponível em: https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/futuro-incerto-para-debentures-de-sociedades-limitadas/. Acesso em: 04 ago. 2020.

FIX, Mariana. Financeirização e Transformações recentes no Circuito Imobiliário no Brasil. Tese (Doutorado em Economia Aplicada), Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 2011.

FNP - CONSULTORIA. Relatório de Análise do Mercado de Terras, 2015.

FRIEDMAN, Jack P.; HARRIS, Jack C.; LINDEMAN, J. Bruce. Dictionary of real estate terms. Publisher: Barrons Educational Series. Ninth edition. 2017.

GRAIN. SEIZED! The 2008 Land Grab for Food and Financial Security, 2008. Disponível em:https://grain.org/article/entries/93-seized-the-2008-landgrab-for-food-and-financial-security. Acesso em: 15 fev. 2012.

GUNNOE, Andrew. The political economy of institutional landownership: neorentier society and the financialization of land. Rural Sociology. 79(4). 478-504. http://dx.doi.org/10.1111/ ruso.12045. 2014.

MCMICHAEL, P. The land grab and corporate food regime restructuring. J. Peasant Stud. 39 (3–4), p. 681–701. http://dx.doi.org/10.1080/03066150. 2012.661369. 2012.

OUMA, Stefan. Situating global finance in the land rush debate: A critical review. Geoforum. 162-166. doi.org/10.1016/j.geoforum.2014.09.006. 2014

PAULANI, Leda Maria. Acumulação e rentismo: resgatando a teoria da renda de Marx para pensar o capitalismo contemporâneo. Revista de Economia Política (144). 514-535. http://dx.doi.org/10.1590/0101-31572016v36n03a04. 2016.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Lei nº 6.404. Dispõe sobre as Sociedades por Ações. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6404consol.htm. Acesso em: 18 dez. 2020.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Lei nº 10.406. Título II da Sociedade. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10406.htm. Acesso em 18 dez. 2020.

ROYER, Luciana de Oliveira. Financeirização da política habitacional: limites e perspectivas. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Universidade de São Paulo. São Paulo. 2009.

RUDORFF, B.; RISSO, J. Análise geoespacial da dinâmica das culturas anuais no Bioma Cerrado: 2000 a 2014. Page Agrosatélite. 2015.

SERRANO, Angela. Making a financial market: the economization and topology of Farmland REITs. Journal of Political Ecology, v. 26, n. 1, p. 599-613, 2019.

TERRA. Taxa Selic em seu menor valor histórico faz renda variável ganhar força. Disponível em: https://www.terra.com.br/noticias/dino/taxa-selic-em-seu-menor-valor-historico-faz-renda-variavel-ganhar-forca,c3896bd59ff36c2ffd623c4704fca94clzaw6tha.html. Acesso em: 05 fev. 2021.

SEC, US Securities and Exchange Commission. Real Estate Investment Trust (REIT), Investor Bulletin. Disponível em: https://www.sec.gov/files/reits.pdf. Acesso em: 13 mai. 2021.

SLC AGRICOLA, Schneider Logemann & Cia Agrícola. Apresentação Farm Day, 2014.

SLC AGRÍCOLA, Schneider Logemann & Cia Agrícola. Avaliação de terras 2014. Disponível em: https://mz-filemanager.s3.amazonaws.com/a975c39b-3eca-4ad8-9330-2c0a0b8d1060/avisos-comunicados-e-fatos-relevantescentral-de-downloads/89f7a5df9f4be1ff32a153964dfcb61e9ff9f62323a8baf5678502892e3eb8ca/comunicado_ao_mercado_avaliacao_de_terras_de_2014.pdf. Acesso em: 05 fev. 2021.

VALOR ECONÔMICO. SLC encerra ciclo de investimento em novas fronteiras agrícolas. Disponível em: https://valor.globo.com/agronegocios/noticia/2020/08/14/slc-encerra-ciclo-de-investimento-em-novas-fronteiras-agricolas.ghtml. Acesso em: 05 fev. 2021.

VISSER, Oane. Running out of Farmland? Investment discourses, unstable land values and the sluggishness of asset making. Agriculture and Human Values. http://dx.doi.org/10.1007/s10460-015-9679-7. 2016.

Downloads

Publicado

2022-04-28

Como Citar

NASCIMENTO, R. C. do; FREDERICO, S. . Imobiliárias Agrícolas Financeirizadas e land grabbing: a atuação das empresas agrícolas controladas pelo capital financeiro no mercado fundiário brasileiro. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 26, n. 1, p. e-188587, 2022. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2022.188587. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/188587. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos