IMAGINÁRIO SOCIAL NORDESTINO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO NO NORDESTE BRASILEIRO

Autores

  • Eustógio Wanderley Correia Dantas Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2007.74063

Palavras-chave:

Imaginário Social, Turismo, Políticas Públicas.

Resumo

A atividade turística, no final dos anos 1980, recebe especial atenção das políticas de desenvolvimento adotadas pelos estados nordestinos brasileiros. No cerne do PRODETUR-NE, projeto de dimensão regional, são alavancadas políticas públicas de caráter local (Estadual) e evidenciadoras do turismo como atividade econômica associada à pauta de desenvolvimento da região. O intento do presente trabalho é o de apreender os elementos motivadores da transformação de uma região não turística em uma região com “vocação” turística. O cerne da análise será o de vincular a opção ou não por dadas políticas públicas de desenvolvimento às representações coletivas da sociedade local em relação ao semi-árido. Nestes termos, a compreensão do acima exposto explicar-se-á ao recorrer à interpretação do imaginário social nordestino no tempo, enfatizando sua redefinição nos últimos anos, graças à indicação do semi-árido como virtualidade e em contraposição à imagem associada à seca, sinônimo de miséria, fome... Esta transformação de caráter simbólico potencializará quadro político (reforma constitucional) e econômico (nos termos do “city marketing”) que dará margem ao processo de turistificação do Nordeste brasileiro, e este artigo tratará, em especial, do caso do Ceará.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eustógio Wanderley Correia Dantas, Universidade Federal do Ceará

Bolsista Produtividade CNPq pela Universidade Federal do Ceará.

Downloads

Publicado

2007-12-30

Como Citar

DANTAS, E. W. C. IMAGINÁRIO SOCIAL NORDESTINO E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO NO NORDESTE BRASILEIRO. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 11, n. 2, p. 09-30, 2007. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2007.74063. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74063. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)