COMUNICAÇÃO GRÁFICA: BASES CONCEITUAIS PARA O ENTENDIMENTO DA LINGUAGEM CARTOGRÁFICA

Autores

  • Silvio Carlos Rodruigues Universidade Federal de Uberlândia
  • Luiz Humberto de Freitas Souza

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2008.74081

Palavras-chave:

Comunicação gráfica, Cartografia, Cartografia temática, Semiologia gráfica.

Resumo

As preocupações que buscam a representação gráfica dos objetos que compõe o espaço geográfico remetem para a Cartografia Temática a função de orientar e organizar a maneira mais correta de se apresentar uma dada informação no “papel”. Um dos principais objetivos é facilitar o entendimento da mensagem para o leitor. Sob esse aspecto, o documento cartográfico adquire grande expressividade, pois, determina um conjunto de signos que traduzem uma linguagem, uma idéia e uma comunicação por meio de um sistema de símbolos, objeto de estudo da Semiologia Gráfica. Esta por sua vez, dá as diretrizes para avaliar as vantagens e os limites das chamadas variáveis visuais, empregadas no processo de representação, além de articular as regras de utilização racional da gramática da linguagem cartográfica. É nesse sentido, que o artigo em questão aborda a comunicação gráfica, enfatizando as suas bases conceituais e a importância desses conceitos para o entendimento da linguagem cartográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvio Carlos Rodruigues, Universidade Federal de Uberlândia

Professor Doutor do Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlânida (UFU - IGUFU).

Luiz Humberto de Freitas Souza

Mestre em Geografia.

Downloads

Publicado

2008-12-30

Como Citar

RODRUIGUES, S. C.; SOUZA, L. H. de F. COMUNICAÇÃO GRÁFICA: BASES CONCEITUAIS PARA O ENTENDIMENTO DA LINGUAGEM CARTOGRÁFICA. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 12, n. 2, p. 65-76, 2008. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2008.74081. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74081. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos