O TRABALHO DE CAMPO COMO RECURSO DIDÁTICO NA GEOGRAFIA: O EXEMPLO DO TRAJETO PARANAPIACABA A CUBATÃO

  • Emerson Galvani Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia
  • Nádia Gilma Beserra de Lima Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Resumo

O texto que se apresenta é um relato da experiência de trabalho de campo realizado nas disciplinas de Climatologia I e II do Departamento de Geografia da FFLCH/USP. O percurso realizado compreende o perfil de Paranapiacaba (Município de Santo André, SP) até Cubatão, SP em um desnível aproximado de 800 m. São apresentados e discutidos resultados de um dos trabalhos de campo realizados primeiro semestre de 2008, assim como os procedimentos, dicas e instrumental necessário para esta atividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emerson Galvani, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia
Professor Doutor do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo (FFLCH/USP).
Nádia Gilma Beserra de Lima, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia Física da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo (FFLCH/USP).
Publicado
2008-04-30
Como Citar
Galvani, E., & Lima, N. (2008). O TRABALHO DE CAMPO COMO RECURSO DIDÁTICO NA GEOGRAFIA: O EXEMPLO DO TRAJETO PARANAPIACABA A CUBATÃO. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), (24), 152-163. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2008.74101
Seção
Notas de pesquisa de campo