O QUE É CRÍTICA. OU: QUAL É A CRÍTICA DA GEOGRAFIA CRÍTICA?

Autores

  • José William Vesentini Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2009.74126

Palavras-chave:

Crítica, Autonomia, Geografia crítica, Pós-modernidade.

Resumo

Este texto procura problematizar o que é crítica. Para isso realiza um breve histórico do vocábulo desde a Grécia antiga, onde surgiu, até Kant, pensador que redefiniu essa atitude. De fato, a partir de Kant – inclusive em autores como Hegel, Marx, Adorno, Habermas e outros – crítica passou a ser vista como superação com subsunção e como engajamento num projeto de autonomia. Além disso, este ensaio procura verificar como o termo crítica tem sido entendido na geografia crítica, mostrando que esta é uma questão e um importante debate em andamento nos dias de hoje.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José William Vesentini, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Professor Livre Docente do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2009-12-30

Como Citar

VESENTINI, J. W. O QUE É CRÍTICA. OU: QUAL É A CRÍTICA DA GEOGRAFIA CRÍTICA?. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 13, n. 2, p. 29-44, 2009. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2009.74126. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74126. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos