DESAFIOS DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA CAMPONESA NOS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA Assentamento Milton Santos – Americana/SP

Autores

  • Larissa Mies Bombardi Universidade de São Paulo
  • Sidneide Manfredini Universidade de São Paulo. Departamento de Geografia
  • Gabriel de Andrade Fernandez Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2009.74132

Palavras-chave:

Extensão, Reforma Agrária, Plano de Assentamento

Resumo

Este artigo aborda a Experiência de Extensão em Geografia Agrária coordenada pelas Profas Dras Larissa Mies Bombardi e Sidneide Manfredini, e realizada em conjunto com um grupo de alunos do Depto. De Geografia da USP. Tem como finalidade colaborar com as práticas agrícolas e a comercialização que se iniciam no Assentamento Milton Santos localizado nos municípios de Americana e Cosmopólis – São Paulo. Este assentamento apresenta peculiaridades que se colocam como um grande desafio a sua efetiva implantação. Concebido nos moldes de Comuna da Terra, é constituído em sua quase totalidade por famílias de origem urbana, está localizado em uma região monocultora de cana-de-açúcar e dista cerca de 10km das áreas urbanas dos municípios aos quais está afeto (Americana, Cosmópolis e Paulínia). À medida que se conseguiu agregar competências diversas ao grupo inicialmente constituído exclusivamente por geógrafos, com alunos e professores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Engenharia Sanitária da Escola Politécnica e da Faculdade de Arquitetura da USP, o projeto foi se ampliando e redirecionando seus objetivos iniciais. A implementação de sistemas agrícolas otimizados, que condicionariam a efetiva implantação do assentamento, torna imprescindível o resgate da cultura camponesa, essencialmente nos elementos que concorrem para a apreensão e apropriação da paisagem, tanto quanto dos conhecimentos científicos embutidos nas tecnologias a serem empregadas, ou dos limites impostos pela legislação que regem o licenciamento ambiental dos projetos de reforma agrária. As ações deste grupo de trabalho passaram a se dar no sentido da intermediação na apropriação destes conhecimentos, numa perspectiva de gestão participativa que venha a concorrer para a estruturação da tessitura social deste coletivo, levando os assentados a se perceberem como sujeitos no processo de produção deste novo espaço

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Larissa Mies Bombardi, Universidade de São Paulo

    Profª Drª - Departamento de Geografia, Universidade de São Paulo (USP).

  • Sidneide Manfredini, Universidade de São Paulo. Departamento de Geografia

    Profª Drª do Departamento de Geografia, Universidade de São Paulo.

  • Gabriel de Andrade Fernandez, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

    Graduando em Arquitetura e Urbanismo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo.

Referências

ARANTES,P. Arquitetura Nova. São Paulo: Editora 34, 2002.

BOMBARDI, L. M. Campesinato, luta de classe e reforma agrária (A Lei de Revisão Agrária em São Paulo). São Paulo, 2005. Tese (Doutorado em Geografia Humana). Departamento de Geografia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências, Universidade de São Paulo.

FERRO, S. “A produção da casa no Brasil”. In: Arquitetura e trabalho livre. São Paulo: Cosac e Naif, 2005.

FREIRE, P. Extensão ou Comunicação?. São Paulo: Paz e Terra, 1977.

LEFÈBVRE, H. Direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2008.

OLIVEIRA, A.U. “Barbárie e modernidade: as transformações no campo e o agronegócio no Brasil”. In: Terra Livre, São Paulo, Ano 19, v.2, nº 21. p.113-156. Jul-Dez. 2003.

SALIM, A. Pré-assentamento Comuna da Terra Milton Santos: história de vida, história de luta. Campinas, 2007. (Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade de Geografia da PUCCampinas, para obtenção do título de Bacharel em Geografia).

THOMAZ JR. A territorialização do monopólio: As agroindústrias canavieiras em Jaboticabal. São Paulo, 1988. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) Departamento de Geografia, FFLCH, USP.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS. DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA. Plano de Metas Acadêmicas 2004-2008. São Paulo: Departamento de Geografia, 2004. Mimeo.

Downloads

Publicado

2009-12-30

Edição

Seção

Notas de pesquisa de campo

Como Citar

BOMBARDI, Larissa Mies; MANFREDINI, Sidneide; FERNANDEZ, Gabriel de Andrade. DESAFIOS DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA CAMPONESA NOS ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA Assentamento Milton Santos – Americana/SP. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), São Paulo, Brasil, v. 13, n. 2, p. 135–148, 2009. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2009.74132. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74132.. Acesso em: 24 maio. 2024.