Os dois lados da moeda: Panamby e City Jaraguá, exemplos da fragmentação do espaço urbano paulista

Autores

  • Adriano Botelho Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2010.74152

Palavras-chave:

Fragmentação do espaço, Segregação socioespacial, Urbano, Bairro Panamby, City Jaraguá.

Resumo

Segundo o filósofo Henri Lefebvre, o espaço produzido sob o domínio das relações de produção capitalistas é marcado pela fragmentação, homogeneização e hierarquização. O presente artigo analisa dois casos aparentemente opostos de provisão habitacional no município de São Paulo, mas que dada a lógica de reprodução do capital que se materializa no espaço e domina a sua produção e reprodução, apresentam alguns traços em comum na relação com o seu entorno. Ou seja, será explorada a idéia de que a racionalidade do modo capitalista de produção e as contradições da sociedade se combinam para a produção de um espaço que é segregado e segregador, cujas positividades e negatividades são vividas no cotidiano por seus moradores em graus que possuem relação com seu nível socioeconômico, mas cujo resultado final é um todo que parece ser menor que a soma das partes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriano Botelho, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

*Mestre e Doutor em Geografia Humana pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Atualmente participa do Projeto Temático “Urbanização Dispersa e Novas Formas de Tecido Urbano” do LAP-FAU-USP

Downloads

Publicado

2010-04-30

Como Citar

BOTELHO, A. Os dois lados da moeda: Panamby e City Jaraguá, exemplos da fragmentação do espaço urbano paulista. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 14, n. 1, p. 9-32, 2010. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2010.74152. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74152. Acesso em: 1 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos