Geografias do turismo no vasto continente africano

Autores

  • Davis Gruber Sansolo Universidade Federal do Rio de Janeiro. Laboratório de Tecnologias e Desenvolvimento Social
  • Rita de Cássia Ariza da Cruz Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74213

Palavras-chave:

África, Turismo, Produção do espaço, Hegemonia.

Resumo

Este artigo faz uma análise da espacialização do turismo no continente africano, a partir de uma breve contextualização histórica. Alem disso, faz uma leitura critica da inserção deste continente nos roteiros turísticos internacionais. Para tanto, constrói uma proposta de regionalização da África em função de seu uso e apropriação pela atividade turística. Para além, todavia, da ação hegemônica dos agentes hegemônicos da produção dos espaços para o turismo, considera, também, a existência de contrarracionalidades hegemônicas relacionadas ao turismo no continente, manifestadas na forma de experiências de turismo de base comunitária.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

BUBER, Martin. Eu e tu. São Paulo: Centauro, 1974.

DIXEY, Louise. Entrevista ao Instituto Virtual de Turismo. Disponível em: <http://www.ivt-rj.net/ivt/indice.aspx?pag=n&id=11623&cat=%C2%A0&ws=0>. Acesso em 2010.

GRINOVER, Lúcio. A hospitalidade, a cidade e o turismo. São Paulo: Aleph, 2007.

KI-ZERBO, Joseph. História da África negra I e II. Paris: Europa-América, 1972.

LUCHIARI, Maria Tereza D. P. “Urbanização turística: um novo nexo entre o lugar e o mundo”. In: LIMA, Luiz Cruz (org.). Da cidade ao campo: a diversidade do saber fazer turístico. Fortaleza: UECE, 1998, pp. 15-29.

OKECH, Roselyne. “Tourism development in Africa: focus on poverty alleviation”. The journal of Tourism and Peace Research, 1(1), 2010. Disponível em: <http://www.icptr.com/wpcontent/uploads/2011/01/Tourism-Developmentin-Africa.pdf>. Acesso em: mai. 2011.

PORTER, Michael. A vantagem competitiva das nações. Rio de Janeiro: Campus, 1990.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura. Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SANTOS, Milton. O espaço dividido: os dois circuitos da economia urbana dos países subdesenvolvidos. 2ª. ed. Trad. de Myrna T. Rego Viana. São Paulo: EDUSP, 2008.

SILVEIRA, Maria Laura. “Da fetichização dos lugares à produção local do turismo”. In: RODRIGUES, Adyr A. B. (org.). Turismo, modernidade, globalização. São Paulo: Hucitec, 1997, pp. 36-45.

SIMIELLI, Maria Elena. Geoatlas. São Paulo: Ática, 2007.

SMITH, Neil. Desenvolvimento desigual. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988. Sites consultados:<http://namibian.org/travel/community>. Acesso em 2011.

Downloads

Publicado

2011-12-30

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

SANSOLO, Davis Gruber; CRUZ, Rita de Cássia Ariza da. Geografias do turismo no vasto continente africano. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), São Paulo, Brasil, v. 15, n. 2, p. 171–186, 2011. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74213. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74213.. Acesso em: 17 jul. 2024.