OS CLÁSSICOS DA CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA: A CONTRIBUIÇÃO PIONEIRA DE ELLSWORTH HUNTINGTON

Autores

  • Ilton Jardim de Carvalho Junior Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2012.74280

Palavras-chave:

Contribuição teórico-metodológica, Climatologia norte-americana, Idéia das influências ambientais, Clima e desenvolvimento, “Civilização e Clima”

Resumo

Este artigo pretende fazer uma releitura crítica de uma das obras mais polêmicas da Geografia, “Civilization and Climate”, de Ellsworth Huntington. Autor prolífico e de teorias ousadas e complexas, foi pioneiro na nascente ciência climatológica, ao contribuir para seu avanço teórico, metodológico e epistemológico. Sua obra, injustamente desmerecida por grande parte da crítica, lidou com grandes hipóteses centrais da ciência geográfica, como a relação sociedade-natureza e a controversa teoria das influências ambientais. A análise pormenorizada de “Civilization and Climate”, baseada na análise imparcial e justa de alguns comentadores, mostrou que Huntington merece ser lembrado pela seriedade e ousadia de suas pesquisas e idéias, pela complexidade de suas teorias, e pelo pioneirismo de suas metodologias.

 

 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Ilton Jardim de Carvalho Junior, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
    Professor doutor em geografia física pela Universidade de São Paulo, atualmente professor substituto 40 horas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Referências

JARDIM DE CARVALHO JR, Ilton. Dos mitos acerca do determinismo climático/ambiental na história do pensamento geográfico e dos equívocos de sua crítica: reflexões metodológicas, teórico-epistemológicas, semânticoconceituais e filosóficas como prolegômenos ao estudo da relação sociedade-natureza pelo prisma da idéia das influências ambientais. 2011. 677 f. Tese (Doutorado em Geografia Física) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo.

CHAPPELL, John. MATLEY, Ian. “Marxism and environmentalism”. Annals of the association of american geographers, vol.57, n.1, março.1967, pp. 203-207.

FREYRE, Gilberto. Casa Grande & Senzala. Rio de Janeiro, São Paulo: Editora Record, 2000.

HUNTINGTON, Ellsworth. The Character of Races. New York, London: Charles Scribner´s Sons, 1927.

HUNTINGTON, Ellsworth. Civilization and Climate. New Haven: Yale University Press, 1939.

HUNTINGTON, Ellsworth. Mainsprings of Civilization. New York: John Wiley and Sons, 1945.

MARTIN, Geoffrey. Ellsworth Huntington; his life and thought. Hamden, Connecticut: Archon Books, 1973.

MARTIN, Geoffrey. Civilization and Climate Revisited. Geography and Map Division, vol.96, pp.10-17, 1974.

PRADO JR, Caio. Formação do Brasil Contemporâneo. São Paulo: Brasiliense; Publifolha, 2000.

SPATE, Oskar Hermann Khristian. “Ellsworth Huntington”. In D.L., Sills, ed., International Encyclopaedia of the social sciences. New York: Macmillian and free press, vol.7, 1968.

WASWO, Richard. Motives of Misreading. Journal of the History of Ideas, vol. 50, No. 2, Apr. - Jun. 1989, pp. 324-332.

Downloads

Publicado

2012-12-30

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

JUNIOR, Ilton Jardim de Carvalho. OS CLÁSSICOS DA CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA: A CONTRIBUIÇÃO PIONEIRA DE ELLSWORTH HUNTINGTON. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), São Paulo, Brasil, v. 16, n. 3, p. 21–39, 2012. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2012.74280. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74280.. Acesso em: 22 jun. 2024.