Geografia, Interdisciplinaridade e metodologia

Autores

  • Antonio Carlos Robert Moraes Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2014.81075

Resumo

Vem se consolidando no universo das ciências humanas, nas últimas décadas, uma postura fortemente individualista em termos metodológicos, a qual entende que a adoção de preceitos de método resulta em arranjos singulares afeitos a cada pesquisador, possuindo uma indelével marca pessoal. Tal posicionamento se alimenta em muito da dificuldade atual de localizar os fundamentos filosóficos de uma reflexão científica sobre a sociedade pela alusão aos rótulos clássicos que nomeiam os seus grandes campos metodológicos (marxismo, estruturalismo, fenomenologia etc.). Hoje se observa que a fundamentação teórica de muitas investigações advém de diálogos entre corretes e autores díspares, revelando um leque de influências distintas não redutíveis a uma classificação única e genérica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-04-30

Como Citar

MORAES, A. C. R. Geografia, Interdisciplinaridade e metodologia. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 18, n. 1, p. 09-39, 2014. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2014.81075. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/81075. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Ensaio